Em mix de emoções, Bottas fica contente por boa atuação, mas lamenta erro: “Forcei demais”

Valtteri Bottas foi o piloto que mais ultrapassagens fez no GP da Austrália, com uma atuação que comprovou a boa forma da Williams, mas o resultado poderia ser melhor se o finlandês não tivesse cometido um erro na décima volta da corrida em Melbourne

icone_warmup REVISTA WARM UP 48 | GUIA DA F1 2014:
Tudo o que você precisa saber sobre o novo campeonato

O sexto lugar de Valtteri Bottas no GP da Austrália deste domingo (16) foi o melhor resultado do finlandês na carreira na F1, mas poderia ter sido melhor se ele não tivesse errado sozinho na volta 10 da corrida.

Ao se aproximar de Fernando Alonso para brigar pela quinta posição, Bottas deixou o carro escorregar na saída da curva 10 e bateu de lado no muro. Com sorte, seu FW36 não sofreu danos mais extensos, mas o toque fez o pneu traseiro direito descolar.

Bottas conseguiu levar o bólido de volta aos boxes e voltou para a prova em 16º, iniciando a recuperação já na relargada até voltar ao sexto lugar que ocupava antes do incidente.

A cobertura completa do GP da Austrália no GRANDE PRÊMIO
As imagens do domingo da F1 na Austrália
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Hülkenberg foi a última vítima de Bottas no GP da Austrália (Foto: Getty Images)

Depois da prova, o piloto disse que ficou contente pela boa atuação, mas assumiu o erro, que o deixou desapontado.

“O carro andou muito bem hoje e está parecendo animador para a temporada que vem pela frente, e todo o time pode ficar satisfeito pelo bom passo que demos desde a última temporada”, afirmou.

“Estou um pouco desapontado comigo mesmo porque eu forcei um pouco demais e bati no muro, o que causou um furo e me colocou no fim do pelotão. Passei o resto da corrida tentando me recuperar daquele erro e consegui fazer algumas boas ultrapassagens, mas preciso aprender a partir disso e garantir que não aconteça novamente”, prosseguiu.

Finalmente, Bottas elogiou o trabalho do time de engenheiros da Williams e da Mercedes na concepção do carro deste ano. “Foi ótimo poder correr com gente ao meu redor, e quero dizer um muito obrigado ao time e a todos nas fábricas de Grove e Brixworth, que fizeram um grande trabalho neste carro”, elogiou.

“Deveríamos ter terminado melhor hoje com o ritmo que tínhamos, e estou ansioso para ver o que podemos fazer na Malásia”, completou Bottas, referindo-se ao GP que está marcado para o próximo dia 30 de março.

Companheiro de Bottas, Felipe Massa não passou da primeira curva no Albert Park. O brasileiro, mais do que azarado no GP da Austrália, abandonou pela sétima vez no Albert Park ao ser acertado em cheio por Kamui Kobayashi na largada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube