Em reestruturação, Williams anuncia saída de Claire da chefia após GP da Itália

O GP da Itália é o último de Claire Williams como chefe de equipe. A dirigente sai em meio às mudanças promovidas pelo Dorilton Capital, que comprou a escuderia. A mudança tem importância simbólica também: a família Williams não ocupa mais posições na esquadra

A Williams anunciou uma mudança profunda nesta quinta-feira (3). Um comunicado confirmou que o GP da Itália desta semana é o último com Claire Williams como chefe de equipe, posto que agora fica sem dono durante processo interno de reestruturação.

A notícia vem duas semanas após a venda da Williams. A equipe passou das mãos da família para as do Dorilton Capital, grupo de investimento que promete a injeção de capital necessário. Sem Claire, a Fórmula 1 vive um dia marcante: a família Williams perde oficialmente o vínculo com posições de chefia da escuderia. Até mesmo o posto simbólico de Frank Williams foi abandonado.

O comunicado emitido pela equipe indica que as mudanças partiram do interesse da própria família Williams. Matthew Savage, presidente do Dorilton Capital, diz que “respeita a decisão muito dura da família Williams de se afastar da equipe e dos negócios após garantir novos recursos financeiros para o futuro”.

“É com coração pesado que estou deixando meu papel na equipe”, comentou Claire. “Esperava continuar com meu mandato no futuro e preservar o legado da família Williams para a próxima geração. Entretanto, nossa necessidade de encontrar investimentos neste ano por inúmeros fatores, muitos fora de nosso controle, resultou na venda do time para Dorilton Capital. Minha família sempre priorizou a equipe e os funcionários e essa foi a melhor decisão a se tomar. Sei que neles encontramos as pessoas certas para recolocar a Williams de volta ao topo do grid enquanto preservam seu legado”, destacou.

Claire Williams
Claire Williams deixa o posto de chefe de equipe após o fim de semana (Foto: LAT/Williams)

“Tomei a decisão de deixar o time para permitir um novo começo para a Dorilton. Não foi uma decisão fácil, mas acredito que é a mais acertada com todos os envolvidos. Fui enormemente privilegiada em ter crescido nesse time e no maravilhoso mundo da Fórmula 1. Amei cada minuto e vou ser eternamente grata pelas oportunidades que me ofereceram. Mas também é um esporte extremamente desafiador e agora quero ver o que o mundo guarda para mim. E mais importante, quero passar tempo com minha família”, destacou.

“Gostaria de agradecer a Dorilton por seu apoio e entendimento de minha decisão. Também gostaria de agradecer nossos fãs que ficaram conosco durante todo esse tempo. Nosso pessoal na Williams sempre foi uma família, me mantiveram motivada durante os tempos difíceis e é quem mais vou sentir falta. É minha esperança genuína que todo esse processo traga o sucesso que merecem. E, finalmente, gostaria de agradecer meu pai por tudo o que fez pela equipe, esporte e nossa família”, encerrou.

Claire assumiu oficialmente a condição de chefe de equipe em 2013, finalizando processo de transição após anos com Frank Williams como mandatário. Foi sob a gestão da dirigente que a escuderia renasceu e acumulou pódios em 2014 e 2015. Os anos seguintes, entretanto, reservaram uma derrocada para o fim do grid.

A saída de Claire é uma mudança importante na Williams, mas que traz mais dúvidas do que certezas. Nenhum substituto imediato foi anunciado para a posição de chefe. Além disso, a real identidade das pessoas por trás do Dorilton Capital segue desconhecida.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube