Em sexta comum, Alonso só pensa na classificação: "Mais importante do que em qualquer outro lugar"

Fernando Alonso seguiu o discurso de Felipe Massa e também minimizou os resultados da Ferrari neste primeiro dia de treinos na Hungria. O espanhol ainda disse que a classificação na Hungria será fundamental, “mais do que em qualquer outro lugar”

Assim como Felipe Massa, Fernando Alonso também minimizou os resultados da tabela de tempos nesta sexta-feira (27), primeiro dia de treinos livres para o GP da Hungria. O espanhol foi o terceiro mais rápido na primeira sessão do dia e o quinto à tarde, quando a chuva atingiu o circuito magiar e esfriou o trabalho das equipes.

Alonso, que atualmente lidera o Mundial de Pilotos, lamentou a pista molhada no segundo treino, mas afirmou que, embora a Ferrari não tenha consigo completar seu programa técnico com relação aos pneus, o time foi capaz de avaliar as atualizações levadas para a corrida húngara deste final de semana.

Alonso lamentou a chuva na parte da tarde em Hungaroring (Foto: Ferrari)

"O que dizer sobre hoje?", questionou o bicampeão. "Foi uma sexta-feita bem comum. No fim, é sempre difícil prever como será a classificação e até mesmo a corrida, ainda mais quando chove, como aconteceu nas últimas três provas. Por isso, a chuva de hoje, na realidade, foi ruim porque não conseguimos obter dados com os pneus secos, mas, ao menos, pela manhã conseguimos concluir o trabalho nas atualizações aerodinâmicas que trouxemos para cá", explicou.

"Agora, cabe aos nossos engenheiros juntar essas informações e avaliar tudo para que possamos conseguir o melhor acerto possível para o restante do fim de semana. A classificação aqui será fundamental , mais do que qualquer outro lugar. Por isso, é vital estar bem preparados em cada pequeno detalhe para amanhã", disse o ferrarista.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube