Em tom de ultimato, Red Bull cobra de Albon reação em Portugal e “fim de semana forte”

A vaga de Alexander Albon ainda não está confirmada na Red Bull em 2021. A equipe aproveitou para dar um ultimato e cobrar recuperação do piloto tailandês, enquanto nomes "de fora" são cogitados pelos dirigentes

+Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

+Do McLaren MP4-22 ao Mercedes W11: os carros vencedores de Hamilton na F1

A época de especulações começa a agitar a Fórmula 1, mesmo com poucas vagas disponíveis para a temporada 2021. Um dos assentos ainda indefinidos é o segundo da Red Bull, atualmente ocupado por Alexander Albon, e que está ameaçado por conta dos resultados insatisfatórios neste ano, sem repetir o desempenho do companheiro Max Verstappen.

Enquanto isso, na AlphaTauri, Pierre Gasly faz bom campeonato e já venceu o GP da Itália. A boa performance o fez ser novamente especulado na Red Bull, equipe que foi retirado em 2019 justamente para a entrada de Albon.

Na entrevista coletiva da última sexta-feira (23), Christian Horner, chefe da Red Bull, disse que vai buscar um piloto de fora da academia da equipe para substituir o tailandês caso a saída dele seja mesmo confirmada. Nos últimos anos, o time buscou apenas opções internas, como Gasly, Albon e até mesmo Daniil Kvyat.

Durante a semana, em entrevista à Sky Alemanha, o consultor Helmut Marko disse que a Red Bull busca nomes fora de seu programa para uma possível substituição de Albon em 2021. Além disso, declarou que Yuki Tsunoda, piloto japonês da Fórmula 2 e pupilo da Honda, pode pintar na AlphaTauri.

Alex Albon ainda não está garantido na F1 em 2021 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“Acho que a AlphaTauri está bem resolvida com seus pilotos. Mas se procurarmos uma solução diferente, então obviamente vamos olhar fora das opções da Red Bull simplesmente porque não há ninguém disponível para o que desejamos. Alguns pilotos de qualidade estão no mercado e desempregados para o próximo ano”, disse Horner.

Antes do GP de Eifel, Albon teve um teste inconclusivo de Covid-19 e Nico Hülkenberg foi sondado para substituir. Logo depois, porém, o piloto da Red Bull testou novamente, deu negativo para coronavírus e participou da prova. Para 2021, o nome de Sergio Pérez já foi especulado, especialmente pela questão financeira, com os muitos patrocinadores que pode levar para a equipe.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Albon finalmente conseguiu seu primeiro pódio na Fórmula 1 em Mugello (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Apesar da declaração, o dirigente ainda manteve a postura de que prefere seguir com Alex Albon para a próxima temporada e espera uma reação do piloto nas seis etapas restantes do campeonato 2020 da F1.

“Queremos que o Alex assegure este assento e basicamente justifique que não há necessidade de olhar para outra alternativa. Acho que todo mundo quero vê-lo fazer isso. E sinto que Mugello [quando o piloto conquistou o primeiro pódio] foi um ponto de virada”, afirmou.

“Ele teve alguns finais de semana difíceis. Então ele precisa voltar aqui, eu acho, e particularmente em Ímola, com um fim de semana forte do início ao fim. Esse é o nosso foco. Ele é querido na equipe, mas precisamos dois carros próximos para a briga com a Mercedes, é nosso objetivo”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar