Emocionado, Hamilton inicia despedida: “A McLaren sempre terá um lugar no meu coração”

Antes de partir para as quatro últimas corridas da temporada, Lewis Hamilton fez um discurso emocionado na sede da McLaren em Woking, na última sexta-feira, diante de praticamente todos os funcionários da equipe

Lewis Hamilton começou a sua despedida da McLaren, equipe que o projetou para o automobilismo praticamente desde o início da sua carreira e que lhe ajudou a conquistar o título mundial de F1 de 2008. De saída para a Mercedes, o piloto britânico começa a dar adeus a Woking e a boa parte dos funcionários que estiveram ao seu lado desde 2007, quando fez sua estreia na categoria.

Hamilton mostrou emoção em seu discurso de despedida da McLaren em Woking (Foto: McLaren)

Antes de viajar para a Índia para a primeira das quatro corridas finais da temporada, Hamilton deu seu primeiro adeus. Em um discurso emocionado na fábrica da McLaren, em Woking, na última sexta-feira (19), Lewis agradeceu a todos pelo trabalho realizado em todos esses anos e disse que a equipe britânica “terá um lugar especial” em seu coração. A informação é do tabloide londrino ‘The Sun’.

“Passei metade da minha vida na McLaren. A equipe, o carro, o lugar, as pessoas… eles sempre serão especiais para mim”, discursou Lewis, disposto a deixar as últimas polêmicas de lado para ‘sair pela porta da frente’ da escuderia britânica.

Com bom humor, Hamilton fez uma comparação com a sede da McLaren com a sua nova casa, que também fica na Inglaterra, mas em Brackley. “O prédio da Mercedes definitivamente não é tão espetacular quanto o MTC (McLaren Technology Center)”, brincou o piloto. “Espero trazer grande sucesso para a Mercedes, mas a McLaren sempre terá um lugar especial no meu coração”, emendou Lewis.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube