Emocionado, Rosberg fala de Ayrton Senna e vibra com vitória “incrível e especial” em Mônaco

30 anos depois de Keke Rosberg triunfar nas ruas de Monte Carlo, o filho Nico repete o feito do finlandês e alcança a vitória. Entretanto, o piloto da Mercedes fez uma menção não ao pai, mas sim a Ayrton Senna, ‘Rei de Mônaco’ por suas seis conquistas no lendário Principado

Nico Rosberg conquistou neste domingo (26) uma vitória épica e marcante em sua carreira como piloto de F1. Seu segundo triunfo na categoria aconteceu na prova mais tradicional do calendário, o GP de Mônaco, que chegou à sua 60ª edição em 2013. Mais do que isso, Nico alcançou a vitória exatos 30 anos depois que o pai, Keke Rosberg, conquistou a prestigiada prova. Mas na entrevista coletiva concedida logo após a corrida, o piloto da Mercedes se mostrou muito emocionado com o feito “incrível e especial” e se lembrou de outro nome que fez história nas ruas do Principado: Ayrton Senna.

“Quando era muito jovem vendo essa corrida, minha primeira lembrança era de Ayrton Senna com o capacete amarelo no carro vermelho e branco. Esta é a corrida mais especial para vencer, foi incrível, irreal. Isso é o que faz este esporte tão especial. Todas as emoções vêm depois dos momentos difíceis que você tem. É incrível”, vibrou o grande vencedor do dia.
As imagens do domingo de F1 em Monte Carlo 
Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO

Nico Rosberg se diverte no pódio em Mônaco (Foto: Getty Images)

Rosberg, entretanto, logo adotou um discurso realista ao falar sobre sua atual situação no Mundial. Mesmo depois de ter vencido de ponta a ponta e subido para o sexto lugar na temporada, Nico prefere a cautela para falar sobre a sequência da Mercedes, que foi a grande equipe no Principado. O piloto evitou falar em títulos e outras conquistas porque ainda está alerta quanto ao ritmo de corrida do W04.

“Não quero falar sobre [o título] porque há duas semanas nós estávamos 70s atrás [da vitória]. Hoje nós estivemos numa posição melhor. É uma pista diferente, e tive a oportunidade de ter calma, poupando os pneus”, comentou. Ao contrário de outras pistas do calendário, o GP de Mônaco é a que menos desgasta os pneus e oferece uma dificuldade ímpar para ultrapassar.

Depois de um feito histórico também para a Mercedes, que venceu no Principado pela primeira vez, a palavra de ordem para Rosberg é uma só: trabalho. “Não devemos ficar super animados para as próximas corridas. Ainda temos um pouco de problema com o nosso ritmo de corrida, e também com o desenvolvimento dela, mas todo mundo está trabalhando duro. Então definitivamente não estou pensando no título, hoje estou pensando só em Mônaco”, complementou Rosberg.
Siga o GRANDE PRÊMIO                     Curta o GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube