Empolgada com volta das férias, dupla da Toro Rosso exalta “impressionante Spa” e torce por chuva no GP da Bélgica

O quarto lugar conquistado por Max Verstappen no GP da Bélgica serve como grande impulso para a Toro Rosso no fim de semana que marca o retorno da F1 depois de quatro semanas. Tanto o holandês como Carlos Sainz Jr. reconhecem que o STR10 não se adequa bem a Spa-Francorchamps, por isso a chuva será muito bem-vinda

A mais jovem dupla de pilotos da história do Mundial de F1 não esconde a ansiedade para voltar a acelerar depois de um providencial período de férias durante o verão europeu. Os novatos Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen terão pela frente o empolgante GP da Bélgica, no desafiador circuito de Spa-Francorchamps. Um traçado onde ambos têm bom retrospecto nas categorias de base. Os novatos confiam no bom histórico para avançar com a Toro Rosso rumo ao objetivo final: conquistar o disputado quinto lugar no Mundial de Construtores.

Mas a jornada que se avizinha não é das mais fáceis para a Toro Rosso. Embora tenha um dos carros mais equilibrados do grid, o STR10 sofre com a falta de potência do motor Renault, o que é determinante para um circuito dotado de muitos trechos de alta como é Spa. Assim, Verstappen e Sainz Jr. reconhecem que será preciso que a chuva dê as caras no circuito belga para que o bom desempenho obtido em Hungaroring, quando Max garantiu o melhor resultado para a equipe ao terminar em quarto lugar, possa ser ao menos similar.

Céu azul? A dupla mais jovem da história da F1 torce por chuva em Spa-Francorchamps (Foto: Getty Images)

“Posso sentir que todo mundo na equipe está animado para seguir trabalhando. Depois da Hungria, estamos um passo mais próximo do nosso objetivo, que é terminar o Mundial em quinto. Estamos trabalhando juntos, e isso é um bom sinal”, comentou Sainz Jr. na prévia divulgada pela Toro Rosso nesta terça-feira (18).

“Precisaremos de um tipo de corrida como a que tivemos na Hungria para sermos competitivos em Spa. Talvez não 100% a mesma. Sabemos que poderemos ser fortes no segundo setor. O problema é que as retas no primeiro e no terceiro setor são longas, e teremos de prescindir de todo esse downforce para sermos competitivos. Então esperamos que chova, isso é certo. Seria incrível se a chuva nos desse uma mão”, afirmou o madrileno, sem esconder a torcida.

“Mas faremos o melhor possível para tirar o máximo do carro sem nos importar com as condições da pista e vamos tentar fazer o que fizemos no Canadá, foi um fim de semana sólido, ainda que não tivéssemos um pacote competitivo”, acrescentou.

Motivado depois de quase subir ao pódio no GP da Hungria, Verstappen entende que é difícil que o GP da Bélgica seja tão favorável ao pacote da Toro Rosso. Ainda assim, o jovem holandês espera por bons dias em Spa-Francorchamps. “Hungaroring foi claramente um bom circuito para nós do ponto de vista de rendimento e pontuação. Spa será mais complicado, já que é uma pista que não se adapta tão bem ao nosso carro, mas vamos garantir que trabalharemos duro para alcançar o melhor resultado possível. A quarta posição na Hungria nos dá uma motivação a mais, definitivamente.”

Verstappen não esconde que Spa-Francorchamps é um circuito especial na sua carreira, em vários sentidos. “Guiei lá ano passado na F3 e vencemos as três corridas do fim de semana, foi incrível! Espero que possamos conseguir mais pontos e continuar com nosso bom rendimento em Spa. Será emocionante voltar. As boas lembranças nos darão muita energia, e tentarei render ao mesmo nível do ano passado. É um traçado impressionante para pilotar, único. Tem curvas que são um desafio e também são divertidas, como a Eau Rouge.”

“Nunca vou me esquecer que foi em Spa, no ano passado, que a Toro Rosso me confirmou como piloto, é inacreditável que já se passou um ano. Aprendi muito em tão pouco tempo, é impressionante como passa o tempo, sinceramente”, complementou o estreante-sensação da F1 em 2015.

Sainz Jr. também carrega consigo boas recordações do lendário circuito belga. “Também tenho uma história parecida. Na World Series no ano passado, venci corridas de uma forma muito sólida e consolidei minhas oportunidades para ganhar o título e minha posição no time de jovens da Red Bull. É minha pista favorita ao lado de Silverstone, gosto demais por inúmeras razões, é difícil ficar só com uma. É um circuito verdadeiramente excepcional.”

Feliz por perceber uma grande evolução desde sua estreia na F1, o filho de Carlos ‘El Matador’ Sainz ressaltou. “Sou um piloto completamente diferente em relação à Austrália, e estamos apenas na metade da temporada. Que chegue a segunda parte. Vamos acelerar”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube