F1

Empolgado para temporada 2019, Räikkönen diz que Sauber tem “tudo para construir um ótimo carro”

Kimi Räikkönen avaliou que a Sauber tem tudo de que precisa para construir um “ótimo carro” para a temporada 2019 da F1. Finlandês se disse “empolgado” para o próximo campeonato
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Kimi Räikkönen (Foto: Pirelli)
Kimi Räikkönen acredita que a Sauber tem todos os recursos necessários para construir um “ótimo carro” para a temporada 2019 da F1. O finlandês vai voltar para a equipe pela qual estreou na F1 no próximo ano.
 
Depois de cinco anos nesta segunda passagem pela Ferrari, Räikkönen já teve seu primeiro contato com o carro da Sauber nos testes em Abu Dhabi. E não ficou preocupado com o que viu.
 
De volta ao ponto de partida na F1, Kimi considerou que a equipe é hoje bastante diferente, mas tem todos os recursos para ser bem sucedida.
Kimi Räikkönen acredita que a Sauber tem o que precisa para se sair bem em 2019 (Foto: Twitter/Sauber)
“Estou empolgado. É diferente, obviamente, já que já estive no time, mas têm muitas pessoas diferentes agora”, disse Kimi antes da cerimônia de premiação da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). “Eles têm todas as ferramentas ― eles têm um ótimo túnel de vento e têm tudo para construir um ótimo carro. Temos o motor Ferrari, então sabemos o que vamos receber”, seguiu.
 
“Não vejo nenhuma razão para não fazermos um bom trabalho com isso. Vamos ver no próximo ano”, frisou. “Para mim, era importante guiar o carro e ver se tinha alguma coisa que precisávamos resolver, mas foi bem tranquilo”, contou.
 
Apesar das diferenças de performance entre Sauber e Ferrari, Räikkönen avaliou que o carro deste ano da escuderia suíça não era tão diferente da SF71H.
 
“Pareceu bastante similar ao que estou acostumado”, explicou. “É um carro diferente, parece um pouco diferente, mas, para ser honesto, não foi uma sensação completamente diferente”, seguiu.
 
“Nós só testamos os pneus, não fizemos realmente nenhum trabalho de acerto, só rodamos e tentamos ver como é. Como primeira experiência, foi ok”, concluiu.