Engenheiro rebaixado após erro que custou título de Alonso em 2010 pode ir para Force India, diz site

Quando Fernando Alonso ficou boa parte do GP de Abu Dhabi preso atrás de Viltay Petrov, na decisão do campeonato de 2010, e perdeu o título, alguém precisava ser responsabilizado. Este foi Chris Dyer, que desde então atua na divisão de carros de rua da Ferrari, mas que pode voltar para a F1 em uma nova casa, a Force India

Escanteado na Ferrari, Chris Dyer pode voltar à F1 pelas portas da Force India. Não se lembra dele? O australiano de 43 anos foi promovido ao posto de chefe de engenharia da escuderia de Maranello depois de contribuir para a conquista de dois títulos de Michael Schumacher e da conquista de Kimi Räikkönen, contudo, acabou condenado pelo erro que resultou na perda do título de Fernando Alonso, no GP de Abu Dhabi de 2010.

De acordo com a publicação alemã ‘Auto Bild’, Dyer, que agora ocupa um posto na divisão de carros de rua da Ferrari, mas gostaria de retornar ao esporte e à F1.

A Ferrari deixou Abu Dhabi criticada pela perda do título (Foto: Ferrari)

A última vez que Dyer foi visto no paddock da F1 foi há mais de um ano, quando a imprensa italiana especulou que ele assumiria um posto na Mercedes, o que não aconteceu.

A Force India, possível nova casa de Dyer, ocupa apenas a oitava posição no Mundial de Construtores, apesar de ter apresentado boas atuações em algumas das etapas disputadas até aqui. Recentemente, o time revelou que já está trabalhando no projeto do bólido de 2013.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube