Esposa diz que sente falta de Schumacher todos os dias: “Está diferente, mas está aqui”

O quadro de saúde de Michael Schumacher é um grande segredo desde o acidente de esqui de 2013. A esposa Corinna se limitou a dizer que o alemão "está diferente, mas está aqui"

Esposa de Michael Schumacher desde 1995, Corinna Schumacher tem saudades de como a vida de casado era. Afinal, tudo mudou após o acidente de esqui do heptacampeão em 2013, que deixou sequelas graves. Corinna afirmou que sente falta “todos os dias” do marido, de sua presença em casa, mas celebrou: Michael, apesar de “diferente”, ainda “está aqui”.

A fala de Corinna aconteceu como prévia do documentário produzido pela Netflix, que abordará a vida pessoal e carreira de Schumacher, dentro e fora das pistas. A obra documental estreará no dia 15 de setembro na plataforma de streaming.

“Nunca culpei Deus pelo que aconteceu. Foi só azar, já que podia ter acontecido com qualquer um. Claro, sinto falta dele todos os dias”, disse Corinna, em vídeo divulgado pelo programa Télé-Loisirs. “Mas não sou a única a sentir falta dele. As crianças, a família, o pai dele, todos ao redor. Todos sentem falta de Michael”, seguiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Corinna e Michael Schumacher são casados desde 1995 (Foto: Getty Images)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Mas Michael está aqui. Ele está diferente, mas está aqui. E isso nos dá força”, considerou. “Estamos juntos, vivemos juntos em casa. Ele está em tratamento. Fazemos de tudo para melhorar a condição dele, para garantir que ele esteja confortável e para fazer com que ele se sinta em família, uma ligação”, frisou.

Há quase oito anos do acidente, a família do piloto alemão optou por guardar a sete chaves condição clínica de Michael. Corinna reitera que, assim como o marido sempre protegeu a família, eles tentam de alguma forma retribuir esse carinho o mantendo fora da mídia.

“Michael sempre nos protegeu, agora estamos protegendo Michael. Estamos vivendo nossas vidas, ‘privado é privado’, como ele sempre disse. É muito importante para mim que ele possa continuar a desfrutar de sua vida privada o máximo possível”, acrescentou.

“O que quer que aconteça, farei tudo que puder. Sempre faremos. Como família, tentamos seguir em frente como Michael gostaria e como ainda quer”, concluiu.

Recentemente, Jean Todt, atual presidente da FIA (Federação Internacional do Automobilismo) e grande amigo do heptacampeão Michael Schumacher, revelou que faz visitas regulares ao ex-piloto de F1 e que, não fosse o grande esforço de sua esposa, Corinna, Schumacher não teria sobrevivido a um grave acidente em 2013, enquanto esquiava em Méribel, nos Alpes Franceses. Todt também afirmou que, após um longo período de coma induzido, o lendário piloto lida com sequelas remanescentes do incidente que quase tirou sua vida. O real estado de saúde, entretanto, é conhecido apenas por um grupo seleto de pessoas.

Com 91 vitórias na Fórmula 1, a história de Michael Schumacher dispensa comentários. Foram sete títulos mundiais, 307 GPs, 19 temporadas e 68 poles-position, além de marcar sua trajetória na maior categoria do automobilismo como um dos maiores pilotos de todos os tempos.

LEIA TAMBÉM
Na Garagem: Michael Schumacher estreia na Fórmula 1 pela Jordan no GP da Bélgica

30 ANOS DA ESTREIA DE MICHAEL SCHUMACHER NA F1: FLAVIO GOMES RELEMBRA | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar