Ocon espera que novo regulamento deixe F1 mais interessante que futebol: “Ficaria feliz”

Esteban Ocon está empolgado com a introdução do novo regulamento da Fórmula 1 e espera que as alterações nos carros deixem a categoria mais interessante do que outros esportes

SAINZ EM ALTA, LECLERC COM PRESTÍGIO: QUEM VAI COMANDAR A FERRARI?

Esteban Ocon tornou-se, em 2021, o mais novo vencedor da história da Fórmula 1 ao conquistar o GP da Hungria. A grande surpresa da temporada acredita, no entanto, que a categoria pode melhorar e crescer ainda mais no futuro, passando a competir com outros esportes.

A F1, de fato, virou mais popular entre jovens por conta da série ‘Drive to Survive’, da Netflix, além do calendário recheado com etapas em todos os cantos do mundo. Para completar, um equilibrado campeonato com Max Verstappen superando Lewis Hamilton na última volta para conquistar o título.

“Eu acho que é fantástico o jeito que tem evoluído. Claro que algumas coisas podem melhorar, mas acho que a forma que estamos testando as coisas, que as corridas foram interessantes, como há oportunidade atualmente, é tudo muito doido até a última volta”, disse o piloto da Alpine.

Esteban Ocon celebra vitória em Hungaroring, a primeira de um motor Renault desde 2014 (Foto: Florion Goga/AFP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“A última volta de 2021 resume bem a temporada toda porque foi assim em 2020 também e se tivermos carros mais próximos vamos ultrapassar o futebol em termos de esporte interessante. Eu ficaria feliz se esse fosse o caso. Acho que todo mundo está falando da F1. Tenho alguns amigos que não acompanhavam o esporte e agora assistem, isso é demais”, seguiu.

Ocon também acredita que o novo regulamento para 2022 vai aumentar a competitividade na Fórmula 1. No próximo ano, a categoria vai introduzir um conceito mais agressivo, com linhas mais limpas nos bólidos, além de pneus de 18″ da Pirelli.

“Eu lembro em 2017 ou 2018, terminar em 6º lugar era como uma vitória. Você nunca tinha a oportunidade de estar no pódio ou na liderança. Agora você vê o Daniel [Ricciardo], o Pierre [Gasly] e eu mesmo [vencendo corridas]. São vários carros diferentes no pódio, isso é muito legal, tudo que nós queremos para o esporte. Se alguém disser que é contra isso, seria muito louco, é demais”, concluiu o francês.

A Mercedes foi a primeira equipe a ligar o motor do carro de 2022 na F1 (Vídeo: Mercedes)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar