Ocon planeja “virar a página e resetar tudo” para buscar reação no GP da Inglaterra

Esteban Ocon não tem lembranças boas do Red Bull Ring, sede do GP da Estíria e da Áustria, e projetou resetar as memórias obtidas em Spielberg para melhorar o desempenho na Inglaterra

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Único piloto a abandonar o GP da Áustria, Esteban Ocon deseja apagar da memória os dois fins de semana ruins no Red Bull Ring para chegar em boa forma na Inglaterra, palco da próxima etapa do Mundial de Fórmula 1, que acontece entre os dias 16 e 18 de Julho.

Já com o pensamento em desembarcar no templo de Silverstone, que receberá pela primeira vez na história da categoria as corridas de classificação, Ocon comentou sobre a recém-finalizada corrida na Áustria, e reiterou que a culpa por ter abandonado logo na primeira volta, em um acidente típico de fundo de pelotão, se dá em muito pelo fato de ele não ter ido bem na classificação, partindo da 17ª posição.

“Não tinha muito o que fazer, na medida em que estava preso entre o Mick [Schumacher] e o Antonio [Giovinazzi] na Curva 3, foi um acidente de corrida. É uma das consequências de começar a corrida lá atrás. Sempre existe a possibilidade de acontecer contatos e brigas, é muito mais fácil se envolver em problemas por ali”, analisou Ocon.

Após abandonar no último domingo (4) e ser 14º no GP da Estíria, Ocon reconheceu que não obteve os melhores desempenhos no Red Bull Ring e que não conseguiu melhorar o carro da Alpine entre as corridas. “Tanto eu quanto a equipe não conseguimos parar no momento. Vamos resetar tudo, recomeçar do zero e nos preparar para Silverstone. O único caminho que podemos traçar é o de ir adiante”, disse.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A corrida de Esteban Ocon terminou ainda na primeira volta (Foto: Alpine)

Por fim, Ocon afirmou ter a receita para melhorar o desempenho em mãos: esquecer as corridas na Áustria e resetar tudo para chegar mais forte em Silverstone, onde o francês espera voltar aos pontos, algo que não acontece desde o GP de Mônaco.

“Ambos os fins de semana na Áustria não foram legais, com certeza. Tiveram momentos dolorosos, difíceis, mas penso que precisamos resetar tudo para Silverstone, para nos prepararmos da melhor maneira possível. Sim, vamos esquecer esse fim de semana para termos um bom começo em Silverstone”, projetou.

“Temos de virar a página e não pensar mais neste fim de semana, porque nada do que fizemos pareceu ajudar no problema que tivemos e, obviamente, começar no fim do grid traz algumas consequências. Então, sim, não foram fins de semanas fáceis, mas vamos sair dessa mais fortes como equipe”, concluiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar