Ocon sonha em luta pelo título como Hamilton e Verstappen em 2022: “Seria fantástico”

Esteban Ocon disse que sonha em brigar pelo título da Fórmula 1 como Lewis Hamilton e Max Verstappen fizeram em 2021, com disputas roda a roda na pista pelo primeiro lugar

ASTON MARTIN AINDA SE COMPORTA COMO UMA DAS EQUIPES DO FUTURO NA F1

A temporada de 2021 da Fórmula 1 guardou uma das batalhas pelo título mais espetaculares da história, com Lewis Hamilton e Max Verstappen brigando roda a roda em algumas ocasiões ao longo do ano. O holandês se sobressaiu no final, ao garantir a conquista com uma vitória na última volta do GP de Abu Dhabi, etapa de encerramento do ano. E Esteban Ocon, piloto da Alpine que venceu o GP da Hungria de 2021, espera poder se juntar à briga logo.

“Quando você vê essas lutas entre Lewis [Hamilton] e Max [Verstappen], você quer se envolver. Não vou mentir”, disse Ocon ao braço holandês do site Motorsport. “Seria fantástico poder lutar por vitórias e pódios todo o tempo. Espero que a Fórmula 1 vá por esse caminho, e com as novas regras, parece um sonho. Espero que se torne realidade”, comentou.

Ocon explicou que, para subir ainda mais o nível em 2022, o francês e seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, vão à fábrica da Alpine para obter mais informações. E com isso, as férias dos pilotos acabam sendo drasticamente reduzidas, de acordo com ele.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ocon garantiu a primeira vitória da Alpine na Fórmula 1 ao vencer o GP da Hungria (Foto: Alpine)

“Eu trabalho muito duro. Fernando [Alonso] e eu não temos muitas férias. O objetivo é gastar o máximo de tempo possível na fábrica”, explicou. “Quero alcançar um nível ainda mais alto no próximo ano”, adicionou.

Por mais que não tenha sido possível se juntar à luta por vitórias e pelo título de 2021, Ocon admitiu que a temporada foi boa para a Alpine. O francês alcançou sua primeira vitória na F1 ao triunfar na Hungria, e Alonso voltou ao pódio após sete anos com o terceiro lugar no Catar.

“Estou feliz pela forma como encerramos a temporada. Pilotamos bem, tivemos boas conversas e continuei a melhorar como esportista. Como atleta, procuro por isso”, explicou. “Como time, somos honestos uns com os outros. Se os caras pensam que posso fazer algo melhor, eu gostaria de ouvir. Eles não deveriam hesitar sobre isso, porque é exatamente o por quê de eu dar um novo passo. São os pequenos detalhes”, encerrou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

FERNANDO ALONSO; GP DO CATAR; LOSAIL; FÓRMULA 1; F1;
Sete anos após subir pela última vez ao pódio, Fernando Alonso conseguiu o feito no Catar (Foto: Alpine)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar