Button “estava mais preparado” que Barrichello na Brawn em 2009, diz engenheiro

Jock Clear, engenheiro do brasileiro na Brawn GP, acredita que Jenson Button estava melhor preparado do que Rubens Barrichello na disputa de título de 2009

Pedro Henrique Marum refletiu sobre o 2021 de Daniel Ricciardo no GP às 10

Rubens Barrichello teve a melhor chance de se tornar um campeão mundial na Fórmula 1 em 2009. Com a campeã de construtores Brawn GP, o piloto brasileiro, então aos 37 anos, acabou terminando a temporada na terceira colocação e viu o companheiro de equipe Jenson Button levantar o título com uma corrida de antecedência. Antigo engenheiro de Barrichello na equipe, Jock Clear explicou os motivos do piloto ter ficado para trás na disputa, perdendo até o vice-campeonato para Sebastian Vettel.

Em entrevista ao podcast Beyond the Grid, Jock contou que Rubens demorou mais tempo para entender que o desempenho vencedor da Brawn era realidade. A equipe foi montada com espólio da Honda, que anunciou saída do esporte meses antes, e montou o BGP-001 com pouquíssima antecedência antes da temporada, tornando a história vencedora como uma das mais improváveis da história do esporte.

“Quando a hora chegou, creio que Jenson estava mais preparado. Eu acho que o Rubens provavelmente não percebeu, como Jenson, que eles estavam bastante fortes”, declarou. “Isso volta ao tema do psicológico dos pilotos. É provavelmente a sobreposição de uma nova guarda sobre a velha. Se falarmos sobre Max [Verstappen], Lewis [Hamilton] e Charles [Leclerc]…eles levaram a um outro nível. Michael levou a outro nível nos anos 1990, e esses caras agora alcançaram outro nível”, citou Clear.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Barrichello com a Brawn GP na Espanha (Foto: Reprodução)

Para o engenheiro, que hoje trabalha na academia de jovens pilotos da Ferrari, Barrichello foi o último piloto de uma respectiva era da Fórmula 1 e o tipo de preparação que tinha era diferente de Button, que é 8 anos mais novo. Jenson venceu 6 das primeiras 7 corridas daquela temporada.

“Rubens era provavelmente o último [da era]. A psicológico e preparação da época de Michael era simples: ‘vamos correr algumas semanas antes de Melbourne, fazer alguns abdominais e vamos ficar bem’, se você entende o que quero dizer”, citou.

“Os pilotos em forma iam ficando mais em forma, e não é sobre apenas estar em forma, é sobre uma preparação mental. É colocar na sua cabeça. ‘Preciso pensar sobre isso, como abordo a temporada? Quais são meus objetivos de curto prazo? De longo prazo? E são coisas que outros esportes fazem há anos. Você olha para os esportes americanos e eles fazem isso há 20 anos, o atletismo faz há 20 anos, a Fórmula 1 está atrasada nessas coisas e está se recuperando. Então, em 2009, os pilotos mais velhos não estavam acostumados com isso sendo um requisito. Você ia descobrir se estava envolvido apenas no início da temporada”, completou.

COMO PUNIÇÕES NO GRID DA F1 2021 FAZEM VERSTAPPEN LEMBRAR… HAMILTON | GP ÀS 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar