F1 2020: tudo sobre a temporada revirada pela pandemia

A F1 está de volta. A maior das categorias tenta driblar os efeitos da crise do coronavírus no mundo e vai colocar seus carros na pista, neste fim de semana, na Áustria. Mas será uma nova Fórmula 1, com menos gente no paddock e protocolos de distanciamento social. Nada de pódio ou público nas arquibancadas

A assustadora propagação do novo coronavírus atingiu em cheio a F1. E a obrigou a tomar decisões difíceis. Os mais de 100 dias de paralisação também causaram enorme efeito na categoria. O Mundial precisou se adaptar ao novo momento, entender sua própria estrutura e rever suas regras para sobreviver. Num primeiro momento, o cenário ganhou contornos dramáticos e sem precedentes. Mas aí a Fórmula 1 esperou os números da doença caírem na Europa para enfim ter um campeonato, que começa em 5 de julho, na Áustria.

Assista agora a reportagem especial do GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube