F1 anuncia parceria inédita com Netflix para produção de série documental sobre temporada 2018

F1 e Netflix estão lado a lado para produzir uma série documental de dez episódios, com lançamento previsto para 2019. A obra vai contar os bastidores de uma temporada da F1, prometendo um viés não muito percebido pelo público

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A tão desejada parceria entre F1 e Netflix foi oficializada neste sábado (24). A categoria anunciou a intenção de, através de um acordo com o serviço de streaming, produzir uma série documental sobre os bastidores da temporada 2018.
 
O formato escolhido é de dez episódios, todos revelando aspectos da categoria que não costumam ser abordados pelo grande público. Por retratar a temporada 2018, a expectativa é de lançamento apenas no começo de 2019.
 
“A F1 é um esporte global que está sendo reposicionado, passando de uma entidade do automobilismo para uma marca de mídia e entretenimento global”, avaliou Sean Bratches, diretor de operações comerciais da F1. “O acordo com a Netflix serve para contar a história fascinante que existe noa bastidores de uma temporada. Trata-se de uma perspectiva do esporte que ainda não foi revelada ao público”, considerou.
Os bastidores de uma temporada da F1 vão ser alvo da série (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Para a Netflix, trata-se de uma nova oportunidade de investir em produções próprias, algo cada vez mais comum nos últimos anos.
 
“A parceria com a F1 intensifica nossa missão de trabalhar com marcar mundiais para produzir as melhores séries não-roteirizadas possíveis. Mal podemos esperar pelo GP da Austrália desse fim de semana para embarcar em uma incrível temporada”, apontou Bela Bajaria, vice-presidente de conteúdo da Netflix.
 
A série, ainda sem nome, vai ser produzida por James Gay Reed. O cineasta tem como trabalhos mais famosos os documentários Senna, sobre Ayrton Senna, e Amy, sobre Amy Winehouse. Com a obra sobre a cantora, James ganhou o Oscar de melhor documentário de longa-metragem.
 
A parceria com um serviço de streaming é algo inédito na história da F1. A manobra, que seria apenas um sonho distante nos dias da gestão de Bernie Ecclestone, faz parte do pacote de mudanças do Liberty Media para valorizar o certame frente ao público.
 
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube