F1 recebe Porsche e Audi em reunião na Áustria para discutir nova geração de motores

Em negociações para acertar termos dos motores de 2025, Fórmula 1 se reunirá com montadoras do grid atual e também com a dupla alemã formada por Posche e Audi para as discussões

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A Fórmula 1 quer acelerar o processo para determinar o futuro da nova geração de motores antes do fim do ano. No próximo sábado (3), a categoria realizará uma reunião com as quatro montadoras do grid atual: Ferrari, Mercedes, Renault e Red Bull (que vai assumir a tecnologia da Honda a partir de 2022, já que a fábrica japonesa deixa o campeonato ao fim do ano). O encontro também terá a participação das alemãs Porsche e Audi.

Segundo a revista alemã Auto Motor und Sport, as negociações com os chefes de cada montadora já ultrapassou metade de um ano. Com a intenção de definir logo o futuro das unidades de potência, a expectativa é de substituir a atual tecnologia híbrida, presente desde 2014, na temporada 2025.

Porém, várias interrogações ainda estão em jogo antes da finalização do acordo, como o custo dos motores, teto de gastos para montadoras, componentes que devem virar padronizados, motor de combustão, porcentagem da parte elétrica, necessidade de MGU-H, distribuição de potência, total da potência, tamanho de bateria além de peso e arquitetura do carro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Alpine e Ferrari negociam termos juntos da F1 (Foto: Alpine)

+O resultado do GP da Estíria de Fórmula 1
+A classificação da Fórmula 1 depois do GP da Estíria

Um parâmetro já foi determinado: o motor de combustão será neutro em carbono, em base parecida com o V6 atual. Algo diferente disso custaria mais dinheiro. A Red Bull defende um teto orçamentário de $ 80 milhões (R$ 394,8 milhões na cotação atual). O limite também é apoiado pela Ferrari, enquanto outras partes buscam aumentar o valor para $ 120 milhões.

As negociações entre os chefões das montadoras e a Fórmula 1 seguem um padrão, com as partes concordando de princípio. As discordâncias maiores devem acontecer no momento em que os detalhes principais são abordados. Todas as sugestões são verificadas para ver se são compatíveis com as próprias ideias.

O encontro do próximo dia 3, que pode ser chave para o acerto de objetivos comuns, contará com Jean Todt (Presidente da FIA), Stefano Domenicali (diretor-executivo da F1), Ross Brawn (diretor-esportivo da F1), Ola Källenius (presidente do conselho de administração da Daimler), John Elkann (presidente da Ferrari), Luca de Meo (diretor-executivo da Renault), Dietritch Mateschitz (presidente da Red Bull), além de Markus Duesmann, representante da Audi e Oliver Blume, diretor-executivo da Porsche.

A reunião acontece no fim de semana do GP da Áustria. Será a segunda prova consecutiva no Red Bull Ring. O evento acontece entre os dias 2 e 4 de julho, com cobertura AO VIVO e em TEMPO REAL do GRANDE PRÊMIO.

F1 2021: VERSTAPPEN PÕE MERCEDES DE JOELHOS E CAMINHA PARA TÍTULO | GP ÀS 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar