F1

Falha na classificação faz McLaren trocar de novo motor e amplia punição de Alonso, que larga da última posição na Bélgica

Fernando Alonso foi punido novamente depois do problema de motor que teve durante o Q1 do treino classificatório para o GP da Bélgica. Com a passagem para a sétima unidade de força, Alonso teve um pulo de 35 para 70 posições de penalização
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, Rio de Janeiro
 Com problemas, Alonso não marcou tempo nesta manhã na Bélgica (Foto: Albert Fàbrega/Twitter)

Fernando Alonso não para de perder posições no grid de largada para o GP da Bélgica do domingo. Mesmo que não tenha como perder nem sequer um posto após nem dar volta rápida no treino classificatório deste sábado (27) em Spa-Francorchamps. Dos 35 postos já estabelecidos de penalização mais uma troca no motor fez a perda aumentar para 70 lugares.
 
A McLaren já tinha definido trocar tudo na unidade de força e o fim da fila era garantido. Mas, durante a volta de instalação de Alonso no Q1 do treino classificatório, um novo problema fez com que tivesse que trocar para o sétimo jogo de unidade de força.
Com problemas, Alonso não marcou tempo nesta manhã na Bélgica (Foto: Albert Fàbrega/Twitter)
O asturiano foi o único piloto que não marcou volta rápida e vai largar pelo tempo feito nos treinos livres. A expectativa de Alonso é conseguir arrancar no rastro de Lewis Hamilton, também punido com um caminhão de posições, que sai em 21º.
 
A outra McLaren, de Jenson Button, sai na nona colocação no que é um final de semana com atualizações da Honda nos motores. A largada para o GP da Bélgica está marcada para as 9h (de Brasília), e o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1