Alonso cai no Q2 e é derrotado por companheiro na classificação após 4 anos

Fernando Alonso não conseguiu passar perto de Esteban Ocon ao longo do fim de semana. Desde Malásia 2017 não era derrotado num sábado

Hamilton destrona dupla da Red Bull: veja o resumo do sábado em Ímola

Eliminado no Q2 do treino de classificação para o GP da Emília-Romanha, neste sábado (17), Fernando Alonso viu Esteban Ocon, seu companheiro de Alpine, avançar à fase final e derrubar a hegemonia do bicampeão frente aos companheiros de equipe no que diz respeito aos sábados. É a primeira derrota dele desde o GP da Malásia de 2017.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com o tempo de 1min15s593, Alonso ficou apenas com a 15ª colocação, enquanto Ocon avançou ao Q3 e vai largar na nona colocação. O piloto francês foi mais veloz que seu experiente companheiro de equipe ao longo de todo o fim de semana.

Stoffel Vandoorne havia sido o último a derrotar Alonso em um treino classificatório. (Foto: McLaren)

A última vez que Alonso foi superado por um companheiro de equipe, em Sepang, no último dia de setembro de 2017, Stoffel Vandoorne foi o responsável por desbancá-lo. Na época, Alonso era piloto da McLaren e largou em décimo, enquanto o atual piloto da Mercedes na Fórmula E ficou com o sétimo tempo.

Com a hegemonia quebrada, Alonso agora tem que buscar responder na corrida de domingo o bom desempenho de Ocon até agora em Ímola. Assim como Alonso, Sebastian Vettel foi eliminado no Q2, decepcionou e larga atrás do companheiro Lance Stroll.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Emília-Romanha de Fórmula 1. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube