Alonso diz que liderança de Verstappen “não significa nada”: “É só a sexta corrida”

Fernando Alonso relembrou os tempos de disputa com Michael Schumacher em um paralelo com a tentativa atual de Max Verstappen de derrotar Lewis Hamilton. O espanhol também cravou: liderar o campeonato após cinco corridas não representa vantagem alguma

Fernando Alonso não vê qualquer relevância na vantagem de 4 pontos que Max Verstappen tem para Lewis Hamilton. Segundo o bicampeão do mundo, liderar o campeonato após cinco corridas não quer dizer nada, especialmente por uma margem tão pequena.

Fernando deixou claro que nem na etapa final uma diferença dessas seria tão relevante assim, mas que ela representa ainda menos em uma temporada que prevê a realização de 23 provas.

“Agora, na sexta corrida, isso não significa nada. Não vai mudar nada para Lewis ou Max. Se isso estivesse acontecendo na última corrida, ok, mudaria um pouco, porque é melhor chegar na frente na decisão, mas, na sexta corrida, você ainda nem está pensando nos pontos”, disse.

Fernando Alonso lembrou a disputa que teve com Michael Schumacher (Foto: Fórmula 1)

Alonso foi perguntado sobre 2005, quando finalmente conseguiu derrotar Michael Schumacher, em um paralelo com a disputa atual de Verstappen e Hamilton, por uma Mercedes ainda mais dominante do que era a Ferrari do alemão. O espanhol explicou que, desde 2003, já sentia que podia ser campeão, ainda que os italianos sempre assustassem.

“Acho que me senti pronto para derrotar o Schumacher até antes, mas você nunca sabe como um campeonato vai acontecer. Em 2003 eu já sentia que podia brigar com os caras da frente e sei que isso é pensamento geral aqui. Qualquer piloto acha que, com um carro competitivo, pode brigar pelo campeonato, se você não pensa isso, não faz sentido estar aqui. Eu me sentia pronto, mas sabia também que a Ferrari era dominante e eles sempre podiam voltar mais fortes e virar o jogo. Não foi o caso daquelas vezes”, completou.

Alonso vem em 13º na classificação geral da temporada de retorno com a Alpine, marcando 5 pontos contra 12 do companheiro, Esteban Ocon.

+Com domingo histórico, GRANDE PRÊMIO registra recorde de audiência em maio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar