Alonso prega jogo limpo com regras da Fórmula 1: “Eu me senti um idiota na Áustria”

Segundo Fernando Alonso, Daniel Ricciardo deveria ter sido punido na Áustria por ter 'cortado caminho'. Por isso, o asturiano afirmou que vai jogar duro contra rivais, mas de forma justa

Hamilton resiste após batida com Verstappen e vence GP da Inglaterra (Vídeo: Reuters)

Na primeira corrida de classificação da história da Fórmula 1, que aconteceu no último fim de semana, Fernando Alonso foi um grande destaque: depois de largar da 11ª posição, subiu para quinto e terminou em sétimo. Na corrida do fim de semana, o espanhol usou da malandragem ao se movimentar em zonas de frenagem, mas disse que não mudaria sua abordagem e que “seria a mesma pelo resto do ano”. Após a prova, o asturiano explicou o quis dizer com a afirmação: não dá para seguir se comportando como na Áustria.

“Sempre fui um piloto justo e continuarei a ser um piloto justo durante toda a minha carreira”, disse Alonso. “Acho que sou um dos poucos que não tem nenhum ponto na licença.”

“Mas é que me senti um pouco como um idiota na Áustria por respeitar as regras. E tentamos falar com o diretor da prova e procuramos entender todas as coisas que as pessoas estavam fazendo sem muitas respostas. Isso foi estranho. Então, não quero ser culpado ou não quero chorar a cada corrida por algo que os outros fazem”, acrescentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Fernando Alonso previu um GP da Inglaterra duro no domingo (Foto: Alpine)

O incidente ao qual Alonso se refere na Áustria é com Daniel Ricciardo, que correu ao seu lado curva 1 na primeira volta, o que o deixou à frente. O espanhol disse na Áustria que se “sentiu um estúpido” por ser “o único a fazer a curva”, sem punição aplicada a Ricciardo.

“Tentamos ser justos e tentamos dizer aos comissários: ‘Olha, você sabe, eles estão colocando a mão na bola dentro da área’”, declarou Alonso em Silverstone. “Mas se não fizeram nada, entendemos que também podemos jogar com as mãos na área. Então, fazemos isso”.

“Gostaríamos de não precisar fazer isso. Mas é porque, aparentemente, algumas coisas são permitidas na Fórmula 1 de hoje, então nós copiamos. Portanto, não há lado sujo. É apenas jogar com as mesmas regras que todos os outros”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar