Ferrari vê “ganhos menores” com atualizações e dá “luz verde” para carro de 2025

De acordo com Frédéric Vasseur, chefe da Ferrari, os ganhos das equipes com novas atualizações ficarão cada vez menores, já que existe uma "convergência de desempenho" acontecendo sob o regulamento atual

Depois de conquistar a segunda vitória na temporada 2024 da Fórmula 1, em Mônaco, a Ferrari continua trabalhando pesado para conseguir derrotar Red Bull e McLaren nas próximas etapas. Em busca de mais desempenho, o time de Maranello tem focado em atualizações para a SF-24, o que tem dado certo, embora o próprio chefe da equipe, Frédéric Vasseur, admita que os ganhos de performance estão ficando cada vez menores.

As primeiras melhorias significativas no bólido vermelho foram feitas no fim de semana do GP da Emília-Romanha. Ainda que Charles Leclerc e Carlos Sainz não tenham conquistado o resultado esperado em Ímola, os primeiros sinais foram positivos, com as mudanças provando serem certeiras uma semana depois, nas ruas de Monte Carlo. Na ocasião, o dono do carro #16 subiu no degrau mais alto do pódio, enquanto que o espanhol completou o top-3, atrás também de Oscar Piastri.

Na busca por mais desempenho para tentar diminuir a desvantagem para o time de Max Verstappen, Vasseur já declarou em algumas oportunidades que a Ferrari continua trabalhando em novas atualizações para serem aplicadas à SF-24 ao longo das próximas semanas, mas admitiu que deve haver um equilíbrio, pois o teto orçamentário que atualmente existe na categoria dificulta muito a vida das equipes.

“Com o limite de custos e o regulamento atual, é preciso gerir bem os dois lados. Teremos atualizações quando tivermos algo para trazer”, disse o dirigente. “O que é preciso ter em mente é que há uma espécie de convergência de desempenho, e a taxa de desenvolvimento é muito menor do que há dois anos”, explicou, fazendo referência ao ano de 2021, quando as atuais regras entraram em vigor.

F1 2024, GP DE MÔNACO, MONTE CARLO, SÁBADO, CLASSIFICAÇÃO, FRÉDÉRIC VASSEUR, FERRARI
Frédéric Vasseur admite que a Ferrari já está trabalhando no carro de 2025 (Foto: Ferrari)

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Isso significa que cada vez que alguém desenvolve uma atualização — e isso serve para nós e para as outras equipes —, o ganho é menor do que era há dois anos, e isso é normal”, continuou o chefe da Ferrari.

Apesar de estar focada em vencer o Mundial de Construtores em 2024, a esquadra italiana já está trabalhando nos bastidores para ser competitiva nas duas próximas temporadas. O certame de 2025 será o último sob as regras atuais, enquanto que em 2026 tudo muda mais uma vez.

“Já demos luz verde para o carro de 2025. Além disso, os trabalhos já começaram há algum tempo na unidade de potência para 2026. No que diz respeito ao chassi e aerodinâmica, podemos levantar algumas hipóteses, mas nada mais, uma vez que ainda não existem regulamentos”, finalizou.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.