Ferrari justifica fim de ciclo de Vettel: “Não compartilhamos os mesmos objetivos”

Mattia Binotto, chefe da Ferrari, disse estar “convencido” de que tomou a decisão correta ao não renovar com Sebastian Vettel e trazer Carlos Sainz para seu lugar a partir de 2021. “O mundo mudou, não somente do ponto de vista econômico, mas também técnico e esportivo”, explicou

Sebastian Vettel foi contratado pela Ferrari para, a partir de 2015, liderar um novo projeto para levar a escuderia de Maranello de volta ao título mundial de F1. O alemão, contudo, sucumbiu à dinastia prateada da Mercedes e de Lewis Hamilton ao longo do seu ciclo na equipe italiana. Ao mesmo tempo, viu o crescimento avassalador de Charles Leclerc, que, logo no seu primeiro ano com a Ferrari, impressionou ao marcar sete poles e vencer duas vezes em 2019. Enquanto o monegasco teve seu contrato renovado até 2024, com substancial aumento de salário, o futuro de Vettel permaneceu como incógnita até a última terça-feira, quando foi anunciada sua saída ao fim da temporada. Carlos Sainz foi oficializado dias depois como o substituto do tetracampeão.
 
Em entrevista veiculada pelo site norte-americano ‘Motorsport.com’, Mattia Binotto, chefe da Ferrari, disse estar “convencido” de que a decisão da equipe foi a correta ao trocar Vettel por um piloto mais jovem para os próximos anos. No entanto, sobram palavras positivas sobre o alemão de 32 anos.
 
“Fechamos um ciclo com Sebastian. Ele trabalha em nossa equipe há seis anos. Admiro Sebastian, admiro-o como pessoa e como piloto. Tenho enorme estima por ele”, disse.
Sebastian Vettel e a Ferrari decidiram tomar rumos diferentes para a temporada 2021 (Foto: Pirelli)
“Apesar disso, nas últimas semanas, o mundo mudou, não somente do ponto de vista econômico, mas também do ponto de vista técnico e esportivo. Existem desafios pela frente e obstáculos que vão ser difíceis. Estamos lançando as bases para o nosso futuro e queremos ter uma perspectiva específica”, justificou o dirigente ítalo-suíço.
 
“Conversamos com Sebastian e descobrimos que não compartilhamos os mesmos objetivos, objetivos de curto ou longo prazo”, revelou.
 
Ao comentar sobre a opção por Carlos, Binotto apontou a juventude, mas também a experiência do espanhol na F1, além de confiar que a dupla com Leclerc vai dar certo.
 
“Sainz é uma ótima aquisição. Ele é muito inteligente, muito jovem, mas já fez cinco temporadas. É um piloto forte e confiável, que marcou muitos pontos ao longo das corridas, e acredito que, para nós, é um ótimo piloto para combinar com o talento puro de Charles, para que possa crescer e vencer”, concluiu.

Paddockast #61
VETTEL: ACERTOS, ERROS E… AZAR NA FERRARI

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube