Ferrari nega influência de Alonso e garante que não renovou com Massa por falta de alternativas

Em comunicado nesta quinta-feira (18), a Ferrari afirmou que a decisão de manter Felipe Massa foi “cuidadosamente ponderada” e que Fernando Alonso não teve qualquer influencia na renovação de contrato com o brasileiro

Dois dias depois de anunciar a renovação do contrato de Felipe Massa, a Ferrari lançou um comunicado na tarde desta quinta-feira (18) explicando as razões que a levaram a manter o piloto brasileiro para 2013. A nota vem na esteira das críticas da imprensa europeia, especialmente, da italiana, que afirmou que o time de Maranello não teve escolha a não ser manter Felipe. O tom do comunicado, mais uma vez, é bastante crítico. 

A esquadra vermelha também afirmou que a escolha de ficar com Massa por mais uma temporada não teve qualquer influência de Fernando Alonso. "A decisão de prorrogar o contrato com Felipe Massa por mais uma temporada foi cuidadosamente ponderada e não era uma opção óbvia. Ou inevitável por falta de alternativa, e nem foi guiada pelo desejo de seu atual companheiro de equipe, porque só a Ferrari é que escolhe seus pilotos", afirmou a equipe no comunicado.

Felipe não era opção óbvia, afirma Ferrari (Foto: Ferrari)

A escuderia italiana, entretanto, reconheceu que Massa era realmente a opção mais lógica. "Muitos bateram à porta de Maranello, alguns foram considerados, mas no fim, a conclusão lógica permaneceu: não havia ninguém melhor que Felipe, que possui a velocidade necessária, talento e a capacidade de trabalhar bem em equipe", completou.

"A carreira do brasileiro exibe essas qualidades, além do fato da harmonia que reina dentro do time, que é unido e solidário, mesmo nos momentos mais difíceis. Os fãs sabem: algumas decisões são feitas única e exclusivamente para o bem da Ferrari. O resto é conversa fiada", encerrou a nota.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube