Ferrari planeja introduzir principais atualizações da F14T na bateria final de testes no Bahrein

A Ferrari visa introduzir suas principais atualizações da F14T nesta semana no Bahrein, na terceira e última bateria de testes da F1 antes do início do Mundial, em 16 de março, na Austrália

A Ferrari planeja usar suas principais atualizações na F14T nesta semana, no Bahrein, na terceira e última bateria de testes da pré-temporada 2014 da F1. A equipe italiana tem participado dos treinos até agora com uma configuração mais conservadora no novo carro, com o foco voltado apenas para a confiabilidade.

Entretanto, o time de Maranello já vê uma grande chance de introduzir um novo pacote aerodinâmico e demais peças ao longo dos quatro dias em Sakhir, a partir desta quinta-feira (27).

Kimi Räikkönen enfrentou problemas de telemetria em Sakhir na última semana (Foto: Getty Images)

"Nós testamos alguns componentes na semana passada, mas não podemos chamá-los de atualizações. Nós vamos introduzir as principais novidades por meio de fases nesta última semana de treinos", explicou Pat Fry, diretor de engenharia da Ferrari.

O engenheiro admitiu ainda que os problemas de telemetria enfrentados por Kimi Räikkönen atrasaram o programa técnico ferrarista na última sexta-feira, mas que a equipe vai tentar recompensar o tempo perdido nos próximos dias.

"Nós temos de recuperar, sim, esse tempo", disse Fry à revista inglesa 'Autosport'. "Nós tentamos sempre acumular o máximo possível de quilometragem e, claro, essa falha no carro de Kimi foi um retrocesso. Teria sido bom ter um dia com mais de 100 voltas", declarou o diretor.

Na primeira semana no Bahrein, a Ferrari andou por 287 voltas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube