F1

Ferrari reitera liberdade para Leclerc lutar por vitórias, mas favorece Vettel nas entrelinhas: “É mais experiente”

Mattia Binotto, chefe da Ferrari, não quis assumir, mas deixou nas entrelinhas que Sebastian Vettel será favorecido em caso de necessidade no lugar de Charles Leclerc. Mesmo assim, afirmou que o monegasco tem “liberdade” para disputar com o alemão
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Muito se fala sobre as chances de Charles Leclerc bater Sebastian Vettel na pista em 2019. Mas a Ferrari tratou de mostrar, mesmo que de forma discreta, que isso será um pouco difícil.

Em Barcelona, onde a pré-temporada da F1 se encerrou nesta sexta-feira (1), Mattia Binotto (o chefe da escuderia italiana) comentou sobre as chances do monegasco lutar por triunfos contra o alemão. E declarou que Leclerc tem toda a liberdasde, mas que em certos momentos não será bem assim.

"Obviamente os dois estarão livres para lutar. Não vamos pedir para Charles ir mais devagar. Nem para Sebastian ser mais rápido. Precisamos de ambos dando seu máximo e tentando seu melhor", disse Binotto.
Charles Leclerc (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Porém, em seguida, mostrou que talvez não seja bem assim: "Mas certamente, se houver alguma situação ambígua no começo da temporada, Sebastian é o que possui mais experiência, está conosco há muitos anos, já venceu campeonatos, então ele é nosso campeão."

Para Binotto, Leclerc deixou claro durante a pré-temporada que é rápido, mas afirmou também que não viu uma "batalha" entre seus dois pilotos na marcação de tempos em Barcelona.

"Não acho. Mais importante foi o entendimento do carro. Eles conseguiram tempos similares, verdade, mas acho que isso demosntra que Charles é rápido e bom", finalizou Binotto.