carregando
F1

Ferrari trabalha “tudo em cima do downforce” em novo carro, diz chefe

Mattia Binotto demonstrou orgulho por lançar a SF1000, o segundo bólido desde que assumiu o posto de chefe de equipe da Ferrari e que alcançará a incrível marca de 1000 corridas da Scuderia na F1. Ele também citou as diferenças em comparação ao modelo do ano passado e as inovações para esta temporada

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
A Ferrari deu a largada para os lançamentos de carro da Fórmula 1 em 2020. A SF1000 foi divulgada nesta terça-feira (11) em um evento recheado de diferentes atrações na Itália. O time, que ficou com o segundo lugar nos construtores nas últimas três temporadas, manteve Sebastian Vettel e Charles Leclerc como pilotos.
 
Mattia Binotto também segue como chefe de equipe. O italiano falou sobre a emoção de poder lançar mais um carro junto ao time de Maranello, especialmente um modelo especial, já que a Scuderia baterá a incrível marca de 1000 corridas na F1 em 2020.
 
"Apresentar um carro novo sempre é uma emoção. Toda vez que desenvolvemos um novo projeto, a emoção é repetida. Neste ano, celebramos dois eventos importantes, que são os 70 anos da Fórmula 1 e a milésima corrida da Ferrari. Estivemos aqui desde o início. É algo incrível que nos deixa orgulhoso. É o nosso 66º carro, e continua a representar os valores da Ferrari. Também estamos desenvolvendo o carro de 2021 com um grupo jovem que segue aprendendo com os erros, mas em um lugar onde coloco confiança", disse o chefe de equipe.
Ferrari SF1000 (Foto: Ferrari)
Em 2019, a Ferrari ficou conhecida por bastante velocidade de reta, mas sem ritmo de corrida adequado. Apesar de nove pole-positions, foram apenas três vitórias. Binotto contou que o downforce foi o grande investimento da SF1000, mas sem deixar a unidade de potência de lado.
 
"Consideramos que era necessário deixar o carro leve e focar em elementos que nos permitem correr bem em todos os circuitos. O regulamento de 2020 antecede o que será uma revolução na F1, então não poderíamos simplesmente inverter tudo neste ano. Existem escolhas que podem soar parecidas com as da SF90, mas não é em muitas maneiras. Fizemos tudo em relação ao downforce e o consumo, mas sem negligenciar o motor e, que no ano passado não nos satisfazia em relação à confiabilidade", concluiu.
 
A pré-temporada da F1 tem início no dia 19 de fevereiro, em Barcelona, na Espanha. A primeira corrida está marcada para 15 de março, em Melbourne, Austrália.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.