F1
27/11/2014 13:08

Ferrari usa espiã 'Jane Blond' para filmar segredos da Mercedes nos testes em Abu Dhabi, revela jornal

No melhor estilo James Bond, a Ferrari usou uma moça loira não identificada para filmar os segredos da Mercedes durante os testes em Abu Dhabi
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 O italiano Raffaele Marciello andou com a Ferrari nesta quarta-feira em Abu Dhabi (Foto: Getty Images)
Diante da pior temporada de seus últimos 22 anos — sem nenhuma vitória —, a Ferrari resolveu reagir não só mudando de piloto, chefe de equipe e outras pessoas importantes de sua cúpula. E um dos pontos de partida está em descobrir os segredos de quem fez um dos melhores carros da história da F1.

Assim, a Ferrari fez uso de um espião nos testes em Abu Dhabi. Um espião, não. Uma espiã. Que logo foi batizada por 'Jane Blond', em alusão à famosa personagem de James Bond.
A espiã 'Jane Blond' filma o trabalho da Mercedes (Foto: Reprodução Bild)
A moça loira se plantou durante um tempo em um camarote que estava vazio sobre a garagem da Mercedes na pista alemã. O fotógrafo espanhol Miquel Liso registrou a presença da jovem, que usava a roupa da escuderia italiana, fone de ouvido e uma câmera infravermelha. Sua intenção com a filmagem era verificar a distruibuição de calor debaixo da carenagem do W05 Hybrid, sobretudo na questãodo motor, que é um dos pontos falhos da Ferrari.

Assim que a chamativa 'Jane' foi avistada sobre os boxes, um representante da Mercedes subiu até o camarote para pedir que ela parasse de filmar. Sua identidade não foi revelada

Perguntada pelo jornal 'Bild' a razão da filmagem, a Ferrari se saiu com um 'nada especial' — e ficou por isso mesmo.

Nos dos dias de testes, a Ferrari utilizou Kimi Räikkönen e o estreante Raffaele Marciello, que entrou no lugar do vetado Sebastian Vettel. A Red Bull não permitiu que o alemão tetracampeão já andasse no carro vermelho, mas mesmo assim Vettel esteve nos boxes da equipe.
BATENDO CARTÃO VERMELHO

A Red Bull pode ter vetado a presença nos testes coletivos, mas não impediu que Sebastian Vettel fizesse sua primeira aparição nos boxes da Ferrari, marcando, assim, sua estreia como piloto de Maranello.

Vettel foi apresentado pelo diretor-esportivo, Massimo Rivola, aos integrantes, conversou com engenheiros e já colocou o fone de ouvido para entender a troca de informações entre a equipe e Kimi Räikkönen, que hoje anda com o carro #7. O tetracampeão da F1 assinou com a Ferrari por três anos. O salário de Vettel é estimado em R$ 200 milhões por temporada, o que faz do seu contrato o maior da história da F1.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
O MELHOR FELIPE

O excelente desempenho de Felipe Massa no GP de Abu Dhabi do último domingo deixou o engenheiro-chefe da Williams, Rob Smedley, encantado. O inglês, que trabalhou com o piloto durante oito temporadas na Ferrari e o conhece muitíssimo bem, não hesitou ao dizer que viu na Marina de Yas “o melhor Felipe”.

Massa, que largou em quarto, pulou para terceiro na largada e ganhou mais uma posição com os problemas mecânicos de Nico Rosberg. Apresentando um excelente ritmo, foi o único que usou dois jogos de pneus supermacios e pressionou Lewis Hamilton nas voltas finais para tentar vencer. Smedley foi só elogios ao desempenho do brasileiro.


Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
HAMILTON × ROSBERG
AS 100 MELHORES IMAGENS


Lewis Hamilton entrou no último domingo (23), em Abu Dhabi, para o seleto grupo de bicampeões da F1. Com uma vitória segura na derradeira etapa da temporada 2014, o inglês da Mercedes derrotou o companheiro de equipe Nico Rosberg, com uma vantagem de 67 pontos. Mas o campeonato deste ano foi bem mais acirrado do que essa diferença indica.

O GRANDE PRÊMIO fez uma seleção das 100 melhores imagens dessa intensa batalha. A galeria especial conta a história de como Hamilton conseguiu vencer o Mundial pode ser vista aqui.