FIA aconselha que pilotos revisem acordo de cavalheiros na classificação da F1

Michael Masi, diretor de provas da F1, afirmou que os pilotos devem rever o “acordo de cavalheiros” que criaram para evitar confusões durante os classificatórios

CORRIDA DE CLASSIFICAÇÃO NA F1: É CORRIDA OU TREINO? FLAVIO GOMES EXPLICA | GP às 10

Em meio a recentes polêmicas envolvendo pilotos descumprindo o chamado “acordo de cavalheiros”, que determina algumas regras cordiais na hora de ultrapassar durante a classificação, a FIA se pronunciou sobre o assunto, pedindo para que os pilotos revissem essas regras entre si.

Michael Masi, diretor de provas da F1, trouxe a questão à baila após as crescentes reclamações dos pilotos que tal pacto estaria sendo quebrado, como no GP da Áustria, onde diversos episódios de desentendimentos foram protagonizados. Segundo o diretor, a solução é simples: basta apenas que os próprios pilotos revisem as regras internas que compõem o pacto para pôr um basta nos problemas recentes.

“Ouço falar sobre esse acordo de cavalheiros porque ouço sobre ele na mídia de vez em quando. E este é o acordo de cavalheiros que eles têm entre 20 cavalheiros no circuito. Talvez eles devessem rever e reiterar tal acordo entre eles”, disse Masi em entrevista veiculada do site americano Motorsport.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Michael Masi, diretor de prova da Fórmula 1 (Foto: Reprodução/Twitter)

“Vamos ser honestos, todos eles são esportistas de elite. Creio que uma das coisas que, provavelmente, exacerbou as disputas este ano, é o fato do grid estar mais competitivo. Isso coloca muita pressão sobre eles”, concluiu Masi.

Na esteira da opinião de Masi, Daniel Ricciardo, da McLaren, também se pronunciou e concordou com o diretor de provas de que cabe aos pilotos reverem o acordo. Além disso, o australiano comentou que lhe agrada o fato dos próprios pilotos resolverem essa questão.

“Creio que no fim das contas, se alguém for um pouco malandro e ter aproveitado a situação que nós combinamos, então esse piloto ou esses pilotos devem apenas esperar um pouco de merda para eles em algum momento. Essa é a decisão e a escolha que eles fazem, por isso estou feliz por resolvermos isso do nosso próprio jeito”, disse Ricciardo.

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar