FIA adverte equipes sobre visita aos comissários durante corridas sem autorização

Diretor de provas, Michael Masi entregou aviso aos times da Fórmula 1 sobre visita aos comissários durente corrida sem autorização prévia ou convocação. Orientação vem após polêmico GP da Inglaterra

O duelo entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP da Inglaterra por uma nova perspectiva (Vídeo: F1)

Ainda repercutindo o polêmico GP da Inglaterra, Michael Masi, diretor de provas da FIA, enviou uma nota a todas as equipes do grid da Fórmula 1, afirmando que o acesso aos comissários durante as corridas só será permitido com uma aprovação prévia ou por convocação.

Após o acidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen na primeira volta do GP da Inglaterra, disputado no último domingo (18), que acabou tirando o competidor holandês da corrida e acionando a bandeira vermelha, Toto Wolff, chefe da Mercedes, visitou a sala dos comissários após sugestão de Masi, em tentativa de certificar que os comissários estavam cientes das diretrizes da FIA durante luta por posições.

Sabendo da visita de Wolff, que foi divulgada por rádio na transmissão oficial da corrida, Christian Horner, chefe da Red Bull, também foi aos comissários para garantir que sua reclamação do acidente seria investigada. O mandatário posteriormente criticou o fato de um outro chefe ter a oportunidade de falar com os comissários durante a prova.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen tocou em Lewis Hamilton na largada (Foto: Reprodução)

As equipes foram informadas de que, se violarem a nova orientação, podem enfrentar sanções de acordo com o Artigo 12.2.1.i do código esportivo internacional da FIA, podendo ir de uma advertência até desclassificação.

Por conta do acidente, o heptacampeão mundial Lewis Hamilton sofreu uma punição de 10s. Apesar da sanção, ultrapassou Charles Leclerc e venceu o GP da Inglaterra. Membros do alto escalão da Red Bull criticaram duramente a direção de prova, afirmando que a punição ao piloto da Mercedes foi muito branda.

RED BULL COPIA ROSBERG E TENTA DESESTABILIZAR HAMILTON APÓS ACIDENTE NA F1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar