FIA determina novos limites de pista no circuito de Portimão e inclui curva 5

Michael Masi, chefe de corrida da F1, avisou os pilotos e as equipes que também serão impostas as regras de limites de pista na quinta curva do circuito de Portimão

Lewis Hamilton liderou a sexta-feira de treinos em Portugal: veja os melhores momentos (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Após a confusão no Bahrein por conta das regras sobre os limites de pista e as correções e mudanças em Ímola, no GP de Portugal, deste fim de semana, os pilotos vão enfrentar restrições adicionais: também serão impostos limites de pista na quinta curva do traçado português.

O diretor de corrida da Fórmula 1, Michael Masi, informou aos pilotos e as equipes que as violações também serão aplicadas na curva 5 – assim como já é presente nas curvas 1, 4 e 15. As equipes foram alertadas sobre os três pontos originais em um documento divulgado na última quinta-feira (29) e, agora, atualizados sobre a nova regra.

O objetivo da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) é de que, como a curva cinco fica no final da nova e segunda zona de ativação do DRS, a regra deve ajudar a evitar disputas sobre até onde os pilotos podem ir para se defender ou tomar uma posição na largada.

PORTIMÃO; GP DE PORTUGAL; ALGARVE; SEXTA-FEIRA;
Portimão recebe a Fórmula 1 novamente neste fim de semana (Foto: Alfa Romeo)

Na orientação original, era explícito que os tempos de volta alcançados cortando através das zebra pintada de vermelho e branco nas curvas 1, 4 e 15 seriam excluídos. No último caso, eles também teriam seu tempo de volta subsequente excluído, uma vez que correr por ali permitiria aos pilotos mais velocidade ao longo da linha de largada.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Vale lembrar que durante as duas sessões de treinos de hoje, 65 voltas foram excluídas devido a violações do limite da pista nas curvas um e quatro. Daniel Ricciardo, Charles Leclerc, Nicholas Latifi, Nikita Mazepin, Kimi Räikkönen, Fernando Alonso, Valtteri Bottas, Sebastian Vettel, George Russell e Carlos Sainz tiveram seus tempos eliminados por excederem os limites a curva 1. Sainz, Leclerc, Latifi e Mazepin se juntaram a Pierre Gasly, Lance Stroll, Yuki Tsunoda, Mick Schumacher e Lando Norris na eliminação dos tempos na curva 4 durante o primeiro treino.

Na segunda sessão do dia, Lewis Hamilton e Max Verstappen se juntaram às fileiras dos perdedores de tempos por volta com violações na curva 1. Antonio Giovinazzi, que ficou de fora do primeiro treino enquanto Callum Ilott guiou seu carro, também teve um tempo excluído por exceder os limites na curva 4.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube