carregando
F1

FIA diz que Ferrari impede que detalhes do acordo sobre motores sejam revelados

Jean Todt, presidente da entidade máxima do automobilismo, afirmou em entrevista que adoraria divulgar mais sobre o caso, mas a equipe italiana prefere o segredo

Grande Prêmio / Redação GP, São Paulo
No início do ano, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) fez um acordo com a Ferrari após a polêmica sobre a legalidade dos motores da equipe na última temporada. Questionado pelo site 'Autosport', Jean Todt, presidente da FIA, não se omitiu sobre o caso.
 
"Se você me perguntar, eu adoraria poder te dar todos os detalhes da situação, mas eles [Ferrari] não concordaram", afirmou o dirigente francês. "Eles foram punidos, mas não podemos dar detalhes da punição", completou.
 
A falta de detalhes sobre a punição aplicada na Ferrari gerou muitos questionamentos de outras equipes do grid, especialmente as rivais Mercedes e Red Bull.
Jean Todt (Foto: AFP)
"Nós poderíamos não ter falado nada. Mas sentimos que seria errado não dizer que o caso da Ferrari foi discutido e que houve uma sanção pelo que sentimos e, o objetivo daquilo foi mostrar que o que foi feito por eles era ilegal", declarou.
 
Sete equipes do grid da Fórmula 1 questionaram a falta de clareza do acordo entre FIA e Ferrari. Apenas Alfa Romeo e Haas, que também possuem motores da montadora italiana, não se manifestaram sobre o caso.
 
"Eu conversei individualmente com alguns dos sete times. Recebi uma resposta a uma carta minha, onde eles confirmaram que entenderam a posição da FIA", disse Todt. 
 
"Mas isso não significa que eles ficaram felizes com o posicionamento da FIA e eles adorariam que a Ferrari permitisse mais detalhes do caso. Eu também, mas não podemos", finalizou o ex-dirigente da equipe italiana.
 
Paddockast #55
Um bate-papo com... RUBENS BARRICHELLO


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.