F1

FIA, Ecclestone e equipes descartam Bahrein e decidem por pré-temporada em Barcelona em 2017

As equipes da F1 se reuniram com Bernie Ecclestone e membros da FIA para decidir sobre os locais da pré-temporada em 2017. Apesar dos pedidos da Pirelli para testar no Bahrein, o grupo concordou em realizar os treinos coletivos em Barcelona, na Espanha, no fim de fevereiro

Warm Up / Redação GP, de Curitiba

Toda a controvérsia sobre os locais dos testes da pré-temporada da F1 em 2017 foi finalmente resolvida. E os treinos coletivos serão, de fato, realizados na pista de Barcelona, na Espanha, como havia sido inicialmente planejado.
 
Uma discussão nas últimas semanas tomou conta do paddock porque a Pirelli queria que, ao menos, uma sessão fosse conduzida em um circuito com clima mais quente, como o Bahrein. O objetivo da fornecedora era testar os novos pneus em temperaturas mais elevadas, mais próximas ao clima na maioria dos circuitos do calendário.
 
De acordo com reportagem da revista inglesa 'Autosport', a Pirelli foi apoiada por Mercedes e Ferrari, mas encontrou oposição na Red Bull e na Williams, que citaram custos e logística como razões para a permanência na Catalunha. Entende-se que a diferença financeira entre os testes na Espanha e em Sakhir giraria em torno de R$ 1,5 milhão. 
A F1 vai seguir testando em Barcelona na pré-temporada 2017 (Foto: Pirelli)

Após uma reunião entre as equipes, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e Bernie Ecclestone nesta sexta-feira (21), em Austin, ficou decidido que as duas sessões de testes da pré-temporada serão realizadas mesmo em Barcelona, nas seguintes datas: entre 27 de fevereiro e 2 de março, e 7 e 10 de março. 
 
Também há uma chance, segundo a publicação britânica, que os treinos coletivos marcados para depois do GP da Espanha, em maio, sejam transferidos para o Bahrein, logo depois da etapa árabe, como sugerido pelo chefe da Red Bull, Christian Horner.