F1

FIA evita mexer no grid do GP do Brasil e apenas aplica multa de R$ 105 mil a Vettel por infração na pesagem

Sebastian Vettel teve sua punição anunciada pela FIA no final da tarde deste sábado (10), após o incidente em que se chocou com um cone que estava no local de pesagem de seu carro e não desligou o motor. Ele terá que desembolsar R$ 105 mil
Warm Up, de São Paulo / FELIPE NORONHA, de Interlagos
 Sebastian Vettel e Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A FIA anunciou no final da tarde deste sábado a punição a Sebastian Vettel, que se recusou a desligar o motor de sua Ferrari e ainda se chocou com um cone do local de pesagem dos carros durante o Q2 do treino de classificação para o GP do Brasil.

O alemão terá que desembolsar R$ 105 mil pela ação, de acordo com a entidade. Comissários relataram que Vettel ainda "destruiu as balanças" - e o fato de que manteve o motor ligado é proibido pelo regulamento.

De acordo com a nota da FIA, foi aceito a colocação de Vettel, que foi chamado até a secretaria de prova, de que ele não entendeu as ordens dadas pelos responsáveis pela balança e que, após entendê-las, desligou o motor da Ferrari.
Vettel na pesagem, mas de motor ligado (Foto: Reprodução)
Vettel chegou a correr risco de perder posições no grid, já que o regulamento diz que tal situação é passáivel desta punição. Mas a FIA decidiu que por ter realizado a ação obrigatória, mesmo que fora do tempo, a multa seria a punição correta.

Desta forma, o alemão sai em segundo no GP do Brasil do próximo domingo, atrás do pole Lewis Hamilton. 

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.