carregando
F1

FIA responde a estudo de acidentes e anuncia mudanças em carros e circuitos

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou uma série de medidas para aumentar a segurança dos carros e circuitos. Mudança é uma reação a estudos de acidentes, inclusive do que vitimou Anthoine Hubert em 2019

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta segunda-feira (11) uma série de mudanças de segurança, incluindo no design dos carros de Fórmula 1 e outros monopostos, na esteira de uma investigação sobre “28 acidentes sérios e fatais” que ocorreram no ano passado. Um dos acidentes analisados foi o que vitimou Anthoine Hubert na etapa da Fórmula 2, em Spa-Francorchamps, com Juan Manuel Correa.

O acidente de Hubert na Bélgica começou com Giuliano Alesi perdendo controle na Eau Rouge. Ralph Boschung desacelerou de imediato, com Hubert acertando a traseira do suíço e, depois, a barreira de pneus em alta velocidade. Anthoine ficou atravessado na área de escape, por onde Correa tentava escapar do acidente. Sem tempo de reação, o americano bateu em ‘T’.
 
Hubert e Correa foram os dois que sofreram ferimentos. O francês morreu na mesma tarde, enquanto o americano enfrenta uma longa recuperação após graves lesões nas pernas.
 
No início de fevereiro deste ano, a FIA divulgou um relatório que isentou os pilotos de responsabilidade pelo acidente com Hubert. Aos olhos da entidade, o que causou o incidente na segunda volta da corrida 1 em Spa-Francorchamps foi “uma série de acontecimentos”, e não um evento em particular. Citando o impacto principal, o choque em ‘T’ de Correa contra Hubert, a federação determinou que era impossível a sobrevivência do francês.
Os carros terão de resistir a uma carga maior no teste de impacto (Foto: Pirelli)
Paddockast #60
OS PIORES PILOTOS DA HISTÓRIA DA F1

Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

Com as mudanças, os carros da F1 terão de passar por um teste de impacto ainda mais duro, com as estruturas dos carros devendo resistir a uma carga maior. Além disso, a estrutura de impacto dianteiro terá de ser atualizada, com a incorporação de um painel para que, num acidente, o cockpit não seja invadido por destroços. A FIA também pesquisa uma maneira aumentar a segurança em caso de impacto lateral.
 
Outra mudança diz respeito às amarras, que já são utilizadas para manter os pneus presos aos carros em caso de colisão, mas que também serão adotadas para impedir que pedaços maiores de detritos se soltem dos carros. Pesquisas abordam novas construções e materiais para reduzir a possibilidade de que detritos menores sejam ejetados.
 
A FIA considera, ainda, mudanças no design e na maneira como as asas dianteiras são presas aos carros, para que, em caso de acidente, as quebras aconteçam de uma maneira mais segura. Também são estudadas mudanças no apoio de cabeça dos monopostos e, no caso de cockpits fechados, um novo padrão de assento está sendo projetado com uma proteção lateral maior.
 
As mudanças, porém, não passam apenas pelos carros, afetando também os circuitos. Serão introduzidas novas barreiras projetadas para melhorar o desempenho quando atingidas em ângulos entre 0 e 20°. Além disso, as áreas de escape vão incorporar mais superfícies antiderrapantes e de alta fricção. Os pilotos também terão de adotar um novo procedimento na hora de voltar à pista depois de uma escapada. 
 
Por fim, a entidade máxima também busca uma maneira de melhor alertar os pilotos sobre potenciais riscos. A ideia é introduzir um sistema de notificação que assegure que o piloto veja a bandeira amarela o mais rápido possível.
 
No caso de F2 e F3, os carros também contarão a partir deste ano com um sistema para alertar os pilotos no caso de perda de pressão dos pneus.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.