Flavio Gomes critica regra imprecisa da F1, mas apoia decisão: “Não dá pra correr, não corre”

Flavio Gomes crê que as críticas ao que aconteceu em Spa-Francorchamps devem ser direcionadas para as imprecisões do regulamento, e citou que a decisão de não correr foi a melhor e mais justa

Assista aos melhores momentos do GP da Bélgica deste domingo (Vìdeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Não adianta dar chilique. Não adianta xingar o diretor de prova, a FIA, os comissários, a Liberty. Não adianta ficar repetindo feito matraca que antigamente corriam de qualquer jeito, que a F-1 está mimizenta, que os pilotos são medrosos. Não adianta ficar lembrando que já teve corridas no passado em condições piores, nem berrar “pra que servem os pneus de chuva, então?”.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Se algo deve ser criticado hoje depois do que aconteceu em Spa-Francorchamps são as imprecisões do regulamento — que não preveem tudo, paciência. Essas imprecisões podem ter causado algum ruído no entendimento formal do evento, a saber: afinal, quantas voltas teve essa corrida? Por que Pérez pôde largar? Por que chutaram um número de 39 voltas e depois meteram um cronômetro com contagem regressiva de uma hora?

Leia o texto na íntegra no BLOG DO FLAVIO GOMES

VERGONHA NA F1! TUDO SOBRE O NÃO GP DA BÉLGICA | Briefing

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar