Fora do Q3 por 0s024, Massa fala em briga acirrada no pelotão intermediário e garante: “Estou bem com o carro”

Felipe Massa não conseguiu avançar à fase final da classificação do GP da Malásia, mas mostrou-se satisfeito com o rendimento da Williams. O brasileiro espera briga acirrada no pelotão intermediário em Sepang

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felipe Massa ficou muito próximo de passar para a fase decisiva da classificação na Malásia. 0s024 mais lento que Fernando Alonso, que avançou com a décima posição, o brasileiro mostrou-se satisfeito com o desempenho da Williams e espera uma boa corrida na acirrada briga do pelotão intermediário.
 
A Williams andou bem próxima de Renault e McLaren, mas também teve a Toro Rosso na cola. Falando da disputa, o paulista lamentou a margem pequena que o separou do Q3.
 
"São duas ou três equipes que estão muito próximas aqui, brigando bastante. Infelizmente, quando valia mais, que era Q2, eu acabei perdendo por uns 0s030 e não fiquei em décimo. Mas estamos na briga, vamos ver se a gente consegue fazer uma boa corrida", disse em entrevista ao SporTV logo que saiu do carro.
Felipe Massa (Foto: Williams)
Lamentando a posição de largada, Felipe não deixou de elogiar o carro, se mostrando confortável no final de semana do último GP da Malásia.
 
"É uma pena que tenha sido assim, mas eu estou me sentindo muito bem no carro, na verdade estou me sentindo bem o fim de semana todo", comentou.
Mais tarde, o brasileiro fez um relato mais completo do desempenho no sábado e admitiu certa frustração pelo resultado final da classificação.
 
"Fiquei um pouco frustrado por não ir ao Q3. O carro estava bom, o acerto estava correto. Tive um ótimo Q1, mas não fiz um Q2 perfeito, honestamente. Na primeira tentativa, fiquei preso no tráfego. Na segunda, escpaei na curva 2 e perdi um pouco de tração. Isso tudo me custou algumas posições", completou.
 

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da F1 na Malásia AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.

TORO ROSSO DEMOROU DEMAIS

REBAIXAMENTO SEGUIDO DE AFASTAMENTO DE KVYAT É TUDO, MENOS INJUSTO  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube