F1 anuncia que GP do Bahrein vai ser realizado com energia 100% sustentável em 2022

Circuito Internacional do Bahrein afirmou que já fez estudos de viabilidade e será mais eco-friendly a partir do ano que vem

Red Bull domina e Mercedes aparenta estar atrás: TUDO SOBRE O TERCEIRO DIA DA F1 NO BAHREIN

O Circuito Internacional do Bahrein e a Fórmula 1 anunciaram nesta quinta-feira (25) que toda a energia utilizada no GP do Bahrein de 2022, daqui a um ano, virá de fontes de energia sustentável. O evento barenita é realizado sempre à noite, então, além das necessidades naturais, há ainda a iluminação artificial da pista.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Band se prepara para transmitir F1 até champanhe acabar’

O anúncio foi feito em comunicado divulgado pela F1, segundo o qual a categoria afirma que o estudo de viabilidade foi conduzido e aprovado. Quando a estrutura tiver aprovada, as necessidades do GP do Bahrein serão atendidas. A Fórmula 1 tem objetivo de se tornar carbono-zero – organização que não descarta ‘novo’ carbono na atmosfera, substituindo os que ainda são necessários com ações compensatórias em outras partes do mundo – até 2030.

“Estamos orgulhosos pelos esforços do Circuito Internacional do Bahrein para tornar o evento mais sustentável, um dos glandes planos para os próximos anos”, disse Stefano Domenicali, novo chefão da categoria.

“É outro grande exemplo dos passos dados pelo país para usar a tecnologia e inovação para avançar nos planos de sustentabilidade. É algo que se alinha perfeitamente à nossa estratégia de nos tornamos carbono-zero, enquanto esporte, até 2030 e melhorar nossa sustentabilidade na pista e fora”, afirmou.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1
Bahrein receberá abertura da F1 2021, mas atualização energética fica para 2022 (Foto: Red Bull Content Pool)

GUIA F1 2021
+ Hamilton parte para ser maior campeão da Fórmula 1 em ano de possível adeus
+ Band tem chance de ouro de cativar público da F1 na era do streaming

O príncipe do Bahrein e diretor-executivo do circuito, Salman bin Isa Al Khalifa, também se manifestou.

“O compromisso de hoje é parte importante de nossas metas ainda maiores de sustentabilidade como circuito e, além disso, estamos ao lado da F1 nos esforços de se tornar carbono-neutra até 2030. É uma iniciativa que não fará somente a F1 ser mais limpa e verde no futuro, mas irá encorajar outros eventos de larga escala a fazerem a mesma coisa com energia sustentável, além de inspirar fãs que abracem a mudança”, fechou.

Apesar da exaltação pelas importantes medidas ambientais, nem tudo é só flores para o governo barenita. Apenas dois dias atrás, um grupo formado por organizações não-governamentais em defesa dos direitos humanos, sindicatos e cerca de 60 parlamentares britânicos se uniram e assinaram uma carta endereçada à Fórmula 1, às equipes do grid, à Federação Internacional de Automobilismo e a Lewis Hamilton. No manifesto, o grupo, que inclui a organização internacional Human Rights Watch e o Instituto para os Direitos e a Democracia no Bahrein, defende uma investigação independente sobre violações aos direitos humanos no país.

GUIA F1 2021
+F1 se prepara para duelo Hamilton x Verstappen em ano pandêmico e incerto
+Mercedes enfrenta revés com carro instável, mas abre temporada favorita
+Verstappen encara perspectiva de briga por título e desafio com Pérez

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube