Fórmula 1 cogita corridas de classificação em 2021, mas descarta grid invertido

Ideia rejeitada pelas equipes em 2019 e 2020, as corridas de classificação voltaram à pauta da Fórmula 1. No entanto, o novo chefão, Stefano Domenicali, já descartou o grid invertido com base na pontuação do campeonato

A Fórmula 1 segue firme na busca por novos formatos para seus finais de semana. Além da redução do tempo dos treinos livres em 2021, a categoria procura outras novidades e, mais uma vez, a que surge forte em pauta é a das corridas de classificação. A ideia, que já foi rejeitada três vezes em dois anos pelas equipes, agora vem modificada: caiu a proposta do grid invertido.

Novo chefão da categoria, Stefano Domenicali deixou claro que a corrida de classificação ainda é a ideia que mais agrada a F1 entre os novos formatos possíveis. Agora, porém, o comandante está mais otimista com a possibilidade de aprovação, já que o grid invertido era um dos pontos que mais incomodavam os times.

“A ideia de ter grid invertido já não existe mais. Mas acho que é importante pensarmos em coisas novas, termos ideias que deixem as coisas mais atraentes, interessantes. Mas não precisamos perder o lado tradicional da corrida. O que aprendemos durante o período em que ficamos mexendo muito na classificação é que isso não foi legal, precisamos evitar. Agora acho que temos a estabilidade”, disse o chefão da categoria em coletiva.

Sonhou com a Williams na primeira fila? Melhor desistir (Foto: Williams)

O sistema antes proposto era o seguinte: em determinadas etapas, não haveria a classificação tradicional, mas, sim, uma corrida de classificação, em esquema sprint, ou seja, bem mais curta que a convencional: apenas 30 minutos. O polêmico grid de largada dela teria a ordem inversa da classificação do campeonato até aquele momento, o que significaria dizer, com base nos últimos anos, que a Williams estaria com a pole e a Mercedes apareceria na última fila.

“O que estamos já pensando é na corrida de classificação no sábado. Estamos pensando se isso pode já ser testado em 2021. Há discussões entre as equipes, eu acho que isso pode ser a saída interessante”, completou.

A intenção da F1 é que as corridas de classificação já possam ser testadas em 2021, mas, é claro, as equipes vão precisar aprovar antes. Ainda não foi especificada a maneira como o grid delas seria formado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar