F1

FOTO: Em dia de homenagens, Hamilton larga na pole em Mônaco com capacete inspirado em Lauda

O mundo da Fórmula 1 reverencia Niki Lauda. Pilotos, dirigentes e jornalistas vestem bonés vermelhos em alusão ao tricampeão mundial, morto na última segunda-feira. As homenagens seguem ao longo do domingo com um minuto de silêncio pouco antes da largada do GP de Mônaco. Lewis Hamilton vai usar um capacete especial em lembrança do amigo

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
O fim de semana do GP de Mônaco marca uma série de homenagens a Niki Lauda, morto na última segunda-feira, aos 70 anos. O tricampeão mundial de Fórmula 1, que foi uma das figuras mais icônicas do esporte tanto como piloto e como dirigente, foi lembrado de diversas formas, e as reverências continuam neste domingo (26). Pouco antes da largada em Monte Carlo, pilotos, dirigentes e até jornalistas usaram bonés vermelhos, um dos símbolos de Lauda. Ainda antes da largada, está previsto um minuto de silêncio em sua memória. E Lewis Hamilton, pole-position do GP de Mônaco, também preparou uma homenagem especial, revelada minutos antes da largada.
 
Pouco antes da parada dos pilotos, os 20 competidores da F1 na temporada 2019 ficaram lado a lado e usaram bonés vermelhos com a inscrição ‘Niki’, além das menções aos títulos mundiais conquistados em 1975, 1977 e 1984. Além dos pilotos, fizeram parte da homenagem Chase Carey, presidente da F1, e Jean Todt, presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).
Pilotos vestem bonés vermelhos em homenagem a Niki Lauda (Foto: Ferrari)
A Mercedes, última equipe de Lauda, que atuou nos últimos seis anos e meio como presidente não-executivo, coloriu de vermelho o halo, habitualmente prateado, para reverenciar o austríaco. A homenagem vale apenas para o fim de semana do GP de Mônaco, mas outra homenagem, esta vitalícia, é a estrela vermelha alusiva a Lauda em destaque junto com as outras, prateadas e cinzas, estampadas na parte traseira do carro.
 
Ferrari e McLaren, equipes por onde Lauda teve uma jornada vitoriosa e foi campeão do mundo, também prestam homenagens ao icônico piloto, assim como as demais equipes do grid.
 
Lewis Hamilton, que só chegou à Mercedes graças à iniciativa de Lauda, dedicou a pole do GP de Mônaco ao amigo. “Se não tivesse atendido aquela ligação, teria somente um título mundial agora e provavelmente 22 vitórias ou o que fosse quando estava na McLaren. E eu sento aqui como um pentacampeão mundial. Definitivamente, sinto que devo muito a ele”, disse o britânico, emocionado no último sábado.
Lewis Hamilton larga logo mais na pole com capacete em homenagem a Lauda (Foto: Mercedes)
Outra surpresa preparada pelo britânico foi revelada há pouco. Hamilton vai usar um capacete com pintura especial para homenagear Lauda, como faz também Sebastian Vettel ao longo do fim de semana.
 
A largada do GP de Mônaco de Fórmula 1 acontece logo mais, às 10h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.