FOTO: Kubica volta a pilotar carro de F1 após seis anos em teste privado da Renault em Valência

Seis anos depois, Robert Kubica matou a saudade de um velho conhecido: o carro de F1. O polonês testou a Lotus – hoje Renault – de 2012 em Valência. Foi o primeiro contato com um carro da categoria desde o grave acidente de rali em 2011

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;


Robert Kubica viveu um momento especial nesta terça-feira (6). O piloto polonês, afastado da F1 desde o forte acidente de rali de 2011, sentou em um carro da categoria pela primeira vez em seis anos.
 
A chance veio em um teste privado da Renault no autódromo de Valência. O carro pilotado por Kubica é a Lotus de 2012, repaginado com a pintura de 2017 dos franceses. Na atividade, o carro surgiu com o número #9. Não é por acaso: este seria o número de Kubica na temporada 2011. Ao longo do dia, o veterano completou 115 voltas.
Robert Kubica voltou a pilotar um carro de F1 após seis anos nesta terça-feira (Foto: Renault)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O teste é, acima de tudo, um momento simbólico. A Renault de hoje é a mesma equipe que Kubica defenderia em 2011, não tivesse sofrido o grave acidente de rali. Mesmo recuperado e de volta ao automobilismo, Robert não tem nenhum plano concreto para regressar à F1.
 
O 2017 de Kubica, aliás, é marcado pelos testes. O polonês pilotou um carro da GP3 e um da F-E, buscando a readaptação aos monopostos. Mas ainda não se sabe ao certo o que o futuro reserva para Robert: o piloto até pretendia correr com um LMP2 no Mundial de Endurance, mas o acordo acabou não se vingando. Antes, Kubica disputou quatro temporadas no Mundial de Rali, mas os grandes resultados nunca vieram.
Robert Kubica andou em Valência e percorreu 115 voltas (Foto: Renault)
ALONSO ATINGE NOVO PATAMAR NA HISTÓRIA DO AUTOMOBILISMO NA ESPETACULAR INDY 500

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube