F1

FOTO: Matriarca dos Schumacher, Corinna abençoa Mick durante primeiro teste com Ferrari na F1

Mick Schumacher andou pela primeira vez no comando de um bólido da F1. O filho do heptacampeão mundial Michael Schumacher esteve na pista de Sakhir, no Bahrein, para o teste coletivo de meio de temporada. E quem acompanhou de bem perto foi Corinna, a mãe

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
O dia é 2 de abril do ano 2019. O atual campeão da F3 Europeia e piloto em ano de estreia na F2 faz seu primeiro teste oficial com um carro de F1. E, dentre tantas equipes para acelerar com direção à pista num F1, a Ferrari. Já seria fora de sério para qualquer jovem piloto, mas existe um excedente ainda maior para este piloto. E esta família.
 
Mick Schumacher é o jovem em questão. A ascensão do piloto alemão atigiu o ápice - até agora - nesta terça-feira (2). Mick andou rápido, chegou a liderar até perto do final, quando acabou sendo superado por Max Verstappen. Terminou como o segundo mais veloz, sentindo-se em casa e com 56 voltas no bolso.
Corinna Schumacher, mãe de Mick assiste do pit-wall (Foto: Reprodução/Twitter)
É lógico que evitar a ligação dele com o pai, Michael, maior campeão e vencedor da F1 em todos os tempos, é impossível. E, após mais de cinco anos de dramas da família Schumacher, um momento de desafogo. Corinna Schumacher, esposa de Michael e mãe de Mick, voltou aos boxes da F1, como fez muitas vezes durante uma porção de anos. Bem de perto, no pit-wall, acompanhou Mick refazer os passos do pai.
 
                                                                                    Família.