Frustrado com desempenho em Monza, Hülkenberg garante que “havia algo errado” com carro da Force India

Nico Hülkenberg saiu insatisfeito com o rendimento de seu carro em Monza. O alemão afirmou que não conseguiu ter boa performance em momento algum da prova e que está convencido de que havia algum problema em seu bólido

Nico Hülkenberg conseguiu fechar o GP da Itália na sétima colocação neste domingo (6). Entretanto, o alemão não gostou do rendimento de seu carro e comentou a longa desvantagem que teve no final da corrida em relação ao companheiro de time Sergio Pérez. Para Hülkenberg, seu carro caiu muito após algumas mudanças da Force India na noite de sexta-feira.
 
Hülkenberg preferiu enxergar o copo meio vazio da sua participação em Monza, destacando que em momento algum da corrida teve bom desempenho.
 
“Eu estou bem frustrado, para ser honesto. Eu não tive bom ritmo durante momento nenhum da corrida e estou convencido de que havia algo errado com o carro”, disse.
 
O germânico contou que a Force India tentou corrigir alguns pontos dos dois primeiros treinos livres e não obteve êxito, muito pelo contrário. Hülkenberg comentou que não teve como acompanhar Pérez.
 
“Da sexta-feira para o sábado, mexemos em algumas coisas do carro e, após isto, nosso carro nunca mais foi o mesmo. Durante a corrida, não tive a menor chance de acompanhar o Checo”, falou.
Nico Hülkenberg não gostou nada do rendimento de seu carro em Monza (Foto: Force India)
Segundo o alemão, os problemas reais de desempenho foram aparecer na parte final da classificação e perduraram até a bandeirada final.
 
“Meus pneus traseiros estavam simplesmente se degradando. O carro parecia promissor na sexta, mas os problemas apareceram no Q3 de sábado e não sumiram mais”, continuou.
 
Hülkenberg absolveu a Pirelli e sua pressão limite pelo desgaste excessivo de seus pneus durante a prova.
 
“Acho que não teve nada a ver, penso que o problema está relacionado ao nosso carro e às mudanças que fizemos entre sexta e sábado. Temos de descobrir o que aconteceu, mas ficou claro que a performance mudou bastante”, completou.
 
Hülkenberg é o 11º colocado no Mundial de Pilotos com 30 pontos. Pérez é décimo com 33 tentos.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube