“Ganhe essa corrida pelo Anthoine”: Gasly revela conversa com Leclerc em Spa

Pierre Gasly cresceu com Anthoine Hubert, amigo desde os sete anos de idade. A morte de Hubert na corrida da Fórmula 2 chocou Gasly, que fez um pedido a Charles Leclerc: que vencesse em Spa pelo amigo perdido

Pierre Gasly passou por momentos difíceis nas últimas 24 horas. O piloto tinha em Anthoine Hubert, morto em acidente de Fórmula 2 no fim de semana, um amigo de infância. Neste domingo (1º), ainda tentando lidar com a notícia e tendo que disputar o GP da Bélgica de Fórmula 1, Pierre recorreu a Charles Leclerc e fez um pedido: que o monegasco vencesse em Spa como forma de homenagear o amigo perdido.
 
Leclerc também era amigo de infância de Hubert. Os dois, ao lado de Gasly, trilharam juntos o duro caminho do automobilismo europeu. Charles e Pierre chegaram na F1, enquanto Anthoine parecia capaz de concretizar o sonho no futuro próximo.
 
“Eu falei para o Charles [Leclerc] antes da prova: ‘por favor, ganhe essa corrida pelo Anthoine’”, disse Gasly após a prova. “Porque nós começamos a correr no mesmo ano, Charles, Anthoine e eu. O Anthoine venceu a copa francesa [de kart] em 2005, inclusive. Nós corremos juntos por tantos anos e nos conhecíamos bem. Entre o Jules [Bianchi] alguns anos atrás e agora o Anthoine, penso que são notícias terríveis para o automobilismo francês. Eram duas pessoas ótimas, incríveis. É muito difícil de entender”, seguiu.
Charles Leclerc cumpriu com o pedido de Pierre Gasly e venceu em Spa (Foto: AFP)

Gasly descreveu o GP da Bélgica como a corrida “mais emotiva” da carreira. Não é por acaso: os dois se conheciam desde muito jovens e trilharam o caminho da vida juntos. 

 
“Você não está pronto aos 22, 23 anos para viver esse tipo de momento, perder um dos seus melhores amigos. Eu cresci com esse cara desde quando eu tinha sete anos, no kart. Fomos colegas de quarto, vivemos no mesmo apartamento por seis anos. Fomos colegas de classe, eu estudei desde os 13 até os 19 com ele com o mesmo professor em uma escola privada. Eu me sinto chocado, não tinha percebido como isso pode acontecer tão rápido. É simplesmente terrível. Já me planejei para ver amanhã todos os amigos que eu tinha com o Anthoine, porque nenhum de nós realmente entende o que aconteceu ontem e é algo muito triste”, encerrou.
 
Leclerc realizou o pedido de Gasly e venceu o GP da Bélgica. O piloto da Toro Rosso teve resultado mais tímido, mas também positivo – um nono lugar em sua reestreia pela escuderia de Faenza. 

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar