Gasly lamenta quebra do motor Honda na Austrália, mas pede otimismo: “Não vai acontecer em cada corrida”

Pierre Gasly, vítima de um MGU-H defeituoso da Honda, teve um GP da Austrália bem diferente do que a pré-temporada da Toro Rosso indicava. Mesmo assim, o francês mantém a confiança em corridas melhores no futuro

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de uma pré-temporada repleta de boas impressões, a Toro Rosso viveu o outro lado da moeda no GP da Austrália. Além de não mostrar velocidade em condições normais, a equipe viu Pierre Gasly sucumbir a problemas mecânicos do motor Honda – o MGU-H falhou na volta 15 de 58. Mesmo assim, Gasly quer evitar o clima de terra arrasada: o francês acredita que, cedo ou tarde, boas corridas virão.
 
“A gente sabia que esse era o tipo de situação que a gente podia enfrentar, mas é claro que os testes nos deixaram otimistas”, comentou Gasly. “Ainda acho que a gente deve seguir otimista porque um problema em um fim de semana não significa problemas em cada fim de semana. O importante mesmo é entender exatamente o que causou o problema. Não é legal para ninguém da Honda, da Toro Rosso ou mesmo para os pilotos e tenho certeza de que vamos tentar entender e resolver os problemas”, seguiu.
Pierre Gasly só completou 15 voltas na Austrália (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A quebra após 15 vem após uma pré-temporada de sucesso da Toro Rosso. A equipe de Faenza só ficou atrás de Mercedes e Ferrari no total de voltas em Barcelona. 
 
“Acho que todo mundo na equipe está decepcionado por ter um problema como este na primeira corrida, mas nós precisamos olhar para os pontos positivos e aprender com os negativos para voltarmos mais fortes no Bahrein”, pediu Gasly.
 
A cereja no bolo veio com Brendon Hartley – o motor do neozelandês estava saudável, mas um pneu furado foi suficiente para cruzar a linha de chegada em 15º, último dentre os que viram a bandeira quadriculada.
 
"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube