Gasly lembra 18 meses de altos e baixos e diz que sofreu por “inacreditável” 1ª vitória

O piloto da AlphaTauri lembrou os altos e baixos com a promoção e a substituição na Red Bull e escancarou a alegria por vencer pela primeira vez na Fórmula 1

Pierre Gasly viveu um dia inesquecível em Monza neste domingo (6). O piloto da AlphaTauri aproveitou bem o tumultuado GP da Itália e assegurou a primeira vitória da carreira na Fórmula 1.

Entrevistado por Jenson Button assim que deixou o carro, o francês reconheceu a importância da equipe comandada por Franz Tost em sua carreira e lembrou de tudo que passou com a promoção e o rebaixamento da Red Bull em meados de agosto do ano passado.

Gasly dividiu o pódio com Carlos Sainz e Lance Stroll (Foto: Reprodução)

“Honestamente, é inacreditável”, disse Gasly. “Foi uma corrida muito louca e nós capitalizamos com isso”, comentou.

“Passei por muita coisa nos últimos 18 meses, sofri para conseguir isso”, lembrou. “Não tenho palavras. Esse time fez muito por mim e agora eles me deram a minha primeira vitória. É um dia incrível. Faz muito tempo desde que tivemos um vencedor francês. Nunca esperei por isso, mas estou muito feliz”, concluiu.

Paddockast #77 | Como amar a moribunda Ferrari em crise?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube