Gasly vê erro de Leclerc em toque na Estíria, mas evita conflito: “Não foi proposital”

Pierre Gasly, da AlphaTauri, lamentou o acidente com Charles Leclerc no início da corrida do GP da Estíria, embora tenha entendido que "não foi proposital"

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Logo no início da corrida no circuito de Spielberg, no último fim de semana, Charles Leclerc e Pierre Gasly se envolveram em um acidente logo na curva 1, quando a asa dianteira de Leclerc cortou o pneu traseiro esquerdo do carro de Gasly. O furo fez com que Pierre diminuísse a velocidade e caísse no pelotão, se chocando com a Alfa Romeo de Antonio Giovinazzi. Assim, cheio de danos, o francês não teve condições de retornar à prova. Já o monegasco fez uma corrida de recuperação ‘caótica’: acertou alguns dos que estavam pelo caminho, mas garantiu a sétima posição.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Opinião GP: Red Bull inverte papéis, vira melhor equipe e vê Mercedes de mãos atadas

Quando Gasly foi questionado sobre o ocorrido, sem ter visto o replay do impacto, não deu muitos detalhes. Agora, entendendo o ocorrido, o piloto do carro #10 explicou o que aconteceu em entrevista ao site americano Motosport.com – e embora não tenha dito que Leclerc deveria ter sido penalizado, achou que o monegasco cometeu um erro.

“Eu não acho que tocamos na primeira vez, mas havia Alonso por dentro, eu estava um pouco encurralado no meio e então tivemos que usar o lado de fora da pista”, disse Gasly.

“Aí eu estava no meio da reta e acho que ele queria pegar o vácuo de outro carro, provavelmente se enganou, veio atrás de mim cedo demais e tocou no pneu traseiro. A partir daí, basicamente, tudo acabou, tudo voou e foi isso”, acrescentou.

Pierre Gasly abandonou a corrida do GP da Estíria (Foto: Red Bull Pool Content/Getty Images)

Questionado se culpava Leclerc pelo abandono, Gasly disse: “Para ser justo, honestamente, não vai me trazer os pontos que perdemos. Eu sei que não foi de propósito, mas é uma merda que isso tenha acontecido”.

“É uma merda, mas tudo o que temos que fazer é pensar na próxima semana e olhar para a corrida de Yuki. Acho que houve alguns pontos positivos e alguns negativos, então vamos ver”, concluiu.

A temporada 2021 continua já neste fim de semana, na mesma pista de Spielberg, com o GP da Áustria. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar