Glock demonstra insatisfação com Marussia e critica desempenho do “inguiável” MR01

Irritado por ter sido batido por Charles Pic tanto na classificação quanto na corrida em Hungaroring, Timo Glock encontrou um culpado pelo fraco desempenho no último domingo: “O carro é inguiável”

Os quase três anos sem saber o que é lutar por pontos e por boas posições no grid da F1 estão começando a pesar muito para Timo Glock. Desde 2010, o experiente alemão corre pela Marussia — antes Virgin — e jamais chegou perto dos bons resultados conquistados nos tempos de Toyota. Pior que isso, para o alemão, talvez seja o fato de ser superado, nas últimas provas, pelo seu companheiro de equipe, o estreante Charles Pic.

Glock se mostra cada vez mais descontente na Marussia (Foto: Marussia/Facebook)

Assim aconteceu no GP da Hungria, quando Timo foi pior que o francês tanto na classificação quanto na corrida. Primeiro o germânico esbravejou contra seu parceiro, que agiu, nas palavras do alemão, de modo a prejudicá-lo no Q1, insinuando que Pic “não entende bem inglês”. Depois, Glock elegeu um novo vilão para justificar o desempenho ruim em Budapeste: o MR01.

“Não sabemos o que acontece. É inguiável”, bradou o piloto em entrevista concedida à revista alemã ‘Auto Motor und Sport’ na última terça-feira (1). As críticas não pararam por aí, e Timo responsabilizou o setor de engenharia da Marussia pelo projeto. Vale lembrar que, a partir de 2012, a escuderia anglo-russa conta com a parceria técnica da McLaren.

“Saí de traseira o tempo todo. E as rodas travam constantemente. Provavelmente é um problema na parte traseira do carro. Mas o que exatamente? Nós não sabemos”, comentou.

Glock se mostrou ainda mais indignado porque teve um novo chassi no fim de semana, e por isso esperava ter desempenho melhor. “Esperava que estivéssemos mais próximos, mas não é o caso. Mas isso não é o mais importante. O crucial é que estou levando quase uma volta do meu companheiro de equipe”, finalizou o alemão, sem jamais esconder a sua irritação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube