F1

GP às 10: Declarações de Hamilton no início dos testes mostram Mercedes em estágio não muito animador

Flavio Gomes analisa, nas entrelinhas, o comportamento de Lewis Hamilton após os primeiros dias de testes coletivos em Barcelona e lembrou que a aparente falta de empolgação com o desempenho do carro novo não parece ser uma tentativa do britânico em esconder o jogo
Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Habituado às coberturas do Mundial de F1 na sua carreira, Flavio Gomes sabe ler nas entrelinhas as impressões de um determinado piloto nesta fase inicial dos testes de pré-temporada. Sendo assim e conhecedor da personalidade mais visceral de Lewis Hamilton, o jornalista entende que o começo da Mercedes em 2019 não é muito animador, ainda mais quando se compara com o trabalho sendo feito pela Ferrari nos testes em Barcelona.
 
Quando Hamilton diz que “talvez seja nosso ano mais desafiador em muito tempo”, Gomes lembra que, nos tempos de hoje da F1, não faz mais sentido esconder o jogo. O jornalista destacou também o aparente bom desempenho dos motores Ferrari não apenas nos carros vermelhos, mas também das clientes Haas e Alfa Romeo. E ressaltou a fase inicial de testes da Williams depois do atraso de dois dias e meio para colocar o novo FW42 na pista catalã.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.