F1

GP às 10: Em função espinhosa, dócil Whiting conquistou respeito total em mundo vaidoso da F1

A morte de Charlie Whiting foi tema do GP às 10 de Flavio Gomes. O jornalista citou as boas características que o britânico tinha na ingrata função de diretor de provas e o fato de ter sido respeitado por todos em um meio tão cheio de vaidades como o da F1
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
No GP às 10 da manhã desta sexta-feira (15), Flavio Gomes faz uma homenagem a Charlie Whiting, diretor de provas da FIA que morreu aos 66 anos às vésperas do GP da Austrália. O jornalista destaca a docilidade que o dirigente tinha e o fato de ter sido extremamente respeitado por todos em um mundo tão vaidoso como o da F1.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.